Educação Física

De Wikimerda
Ir para navegação Ir para pesquisar
Fred4.jpg Educação Física enche muito o saco!!

'Este artigo fala sobre algo ou alguém extremamente irritante e que apesar de não ser ernia, enche o saco, deixando qualquer um que fiquei exposto a este por muito tempo, com vontade de cometer suicidio.

Se vandalizar, Educação Física será o seu tormento para o resto da vida!

Galvao2.jpg
Escravo brs.jpg

Educação Física é uma tortura do nível demônio sem coração!

Então é melhor não vandalizar, senão você vai ser posto na cadeira elétrica!!!.


Predefinição:Wikipedia

Predefinição:Cgoogle Cquote1.png NÃOOOOOOOOOOOO! Cquote2.png
Gordo sobre Educação física
Cquote1.png Corram vermes, corram! Cquote2.png
Professor de educação física sobre Educação física
Cquote1.png Minha força não vem de educação física, e sim de bombas. Cquote2.png
Mike Tyson sobre Educação Física
Cquote1.png Sim, é difícil, e daí? Cquote2.png
Diretor sobre Educação Física
Cquote1.png Issu é du málio Cquote2.png
Seu Creysson sobre Educação Física

Um aluno muito bem orientado por um Professor de Educação Física, com alimentação balanceada e rotina de exercícios contínuos para desenvolver a saúde

Cquote1.png Professor filho da puta! Te pego na saída! Cquote2.png
Valentão sobre Educação Física
Cquote1.png Se acha difícil, veja como é no exército. Cquote2.png
General sobre Educação Física
Cquote1.png Hoje é aula de futebol I ou II? Cquote2.png
Aluno de Educação Física
Cquote1.png É aula de peteca III Cquote2.png
Professor de Educação Física respondendo a pergunta acima
Cquote1.png Vagabundo! vagabundo! vagabundo!!! (+800x) Cquote2.png
Gilberto Kassab quando virou educador físico
Cquote1.png I want it to play a game Cquote2.png
Jigsaw sobre Educação Física

Educação Física é uma das matérias mais macumbadas, impossíveis, torturantes, mortais e difíceis da escola. Ao contrário do que parece, na educação física você não pratica aquele tipo de esporte que você pratica. E sim, coisas que só tem no nosso país tupiniquim: Futebol, basquete, vôlei, enfim, todo esporte que o brasileiro adora jogar na praia enquanto come um frango todo cheio de óleo de motor.

História[editar]

O criador da prática, feliz com o estrago feito pela sua criação
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ......a Educação Física é uma merda???

A prática foi inventada pelo Jigsaw na Roma, na tentativa de emagrecer e, ao mesmo tempo, fazer pessoas morrerem ao fazer exercícios, a ideia surgiu do fato da humanidade sair no tapa por qualquer motivo ridiculo, desde coisas necessárias como conseguir comida até para comprar um CDzinho de algum cantor emo sem talento, os mais fortes sempre venciam e se nescessitava de uma disciplina para ensinar os frangotes derrotados a vencerem pelo menos os emos, essa era uma nescessidade óbvia, então Jigsaw teve a ideia de criá-la, porém, com a regra de que TODOS deveriam participar, querendo ou não, para que assim jogasse o seu jogo.

Ele levou a ideia ao imperador da época cujo nome não interessa, ele no inicio não aprovou a ideia, mas se lembrou de que há uma pessoa de sua família que precisa se foder pra sempre emagrecer, a sua sogra!!!, pra matar de vez a véia, o imperador aprovou a ideia e lançou a Educação Física como atividade escolar. A primeira aula de Educação Física ocorreu em 300. Naquela época, o número de pessoas que faziam Educação Física era o mesmo número de vezes que você já comeu alguém.

A aula de Educação Física era uma dor do caralho, e não era simplesmente jogar bola com pessoas fedendo, você era obrigado por exemplo a tentar subir em uma corda pra chegar ao teto (pra quê??), brincar de ciranda cirandinha, e pra terminar, derrotar um cara duas vezes maior que você, gigante, junto do fato que você está desarmado e sem armadura. Mais alguns anos depois, mais especificamente em 500, no Egito, a terra dos doidos por animais e ídolos babacas, foi lançado a Educação Física semi-moderna, que é ainda mais ferrada do que a Educação Física dos gregos. Nela, o professor usa uma sunga retirada das olímpiadas, e os alunos também, sendo a única diferença que a sunga dos alunos é menor ainda.

Como é uma aula de educação física[editar]

Brinquedinhos do primário Equipamento do ensino médio

Todos os alunos vão até a quadra e acham que estão na quadra da rua, ficam pegando as bolas e tentando acertar a cesta, ficam derrubando otários no chão, enquanto o professor não tá nem aí e tá conversando com os nerds.

Você então vai para o vestiário para colocar uma roupa especial e etc, isso é, se você estiver numa escola paga, se for pública, você terá que jogar suado e mulambento mesmo (a menos que traga a própria roupa de casa, mas há grande chance de roubarem). O professor vai mandar todo mundo sentar no meio da quadra, vai fazer a chamada, falar um monte de coisa que nada tem a ver com a aula e depois mandar você e seus miguxos fazerem alguns exercícios de aquecimento estúpidos e sem sentido, tais como correr até o outro lado da quadra e voltar fazendo o moonwalk, polichinelos (criados especialmente pra sentir o CC fedido dos outros de graça), bicicleta invisível (WTF?), carrinho-de-mão (que consiste em carregar o seu miguxo pra lá e pra cá como se fosse um carrinho de mão, com o risco de levar a qualquer momento uma bufa na cara), o saci paraguaio (segurar a própria perna, os inventores dessa prática não sabiam da existência da gravidade?), sentar no chão puxando a própria perna (aí a perna do zé quebra, os pais processam a escola e a escola ainda acha ruim), entre outras brincadeirinhas de criança retiradas diretamente do exército, e pra melhorar ainda mais, o professor vai xingar você enquanto você tenta fazer o exercício aguentando os gritos cheios de bafo dele.

A cesta de basquete de um ambiente escolar
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ......todos te zoam na Educação Física???

Agora, vem a parte gloriosa: O professor vai formar times para jogar um jogo de um esporte aleatório por aí. Agora, você vai ter que torcer para cair em um time cheio de caras experientes que praticam futebol 23 horas por dia, o problema é que a chance disso acontecer é de 1%, além de lhe render o glorioso apelido de "pereba". Na hora do jogo, tem outro perigo: Você provavelmente vai ficar de goleiro ou gandula, e as chances disso é 40% se você for um bom jogador e 99% se você for um puta de um perna de pau. Começando o jogo, simplesmente fique correndo atrás da bola. Se um monte de pessoas forem em cima dela, nem ligue, a não ser que queira ser morto e esmagado.

Ninguém, NINGUÉM, nem mesmo o professor leva essa parte a sério, é só zoeira, todo mundo sacaneando o pereba, o gorducho e o cara que levou bolada no saco (sempre tem um), a patricinha que tem nojo de segurar a bola e o professor que fica tentando dar uma de engraçado falhando desgraçadamente, além de querer meter outras matérias no meio e falar aquelas velhas babaquices de "trabalho em equipe" que você escutava (e gostava, diga-se de passagem) no primário. Resumindo: Será uma aula idiota e nada divertida

Acabando o jogo, corra e pegue suas coisas no vestiário, antes que outras pessoas atirem suas coisas na privada. Mas recomendamos guardá-las na mochila. E se colocá-las no vestiário, use-o só pra isso o mesmo, pois se você decidir tomar banho ou seja lá o que for a coisa complica mais um pouco.

Então você optou por ficar por lá??? Então, vai rolar o seguinte: você vai entrar no vestiário e ver um monte de homem pelado (pra sua sorte, já que você gosta disso) encostando um no outro (entende agora porque o Neymar decidiu ser jogador de futebol???), e ficar te sacaneando pelos mais variados motivos, então, você irá tirar sua roupa e entrar no chuveiro, se cada chuveiro só permitir uma pessoa em particular, beleza, caso seja um chuveiro coletivo saia de perto (a menos que queria sair com o cu furado), quando entrar no chuveiro, deixe suas roupas do lado de fora, não as pendure no chuveiro senão vão tentar puxar só de sacanagem...

Enfim, saia do chuveiro, pegue suas coisas e meta o pé o mais rápido possível, se não quiser ouvir ofensas babacas sem poder se defender.

Perfil dos Professores[editar]

A masculinidade de uma aula de Educação Física

Os Professores de Educação Física querem andar com a elite, mas quando chega em casa se depara com o troço que se casou e imagina no milagre que terá que fazer para comer a mulher que o ajudou enquanto ele ia de bicicleta para a Universidade dizendo que era pra entrar em forma.

Homens[editar]

  • General: É um capeta que veio para á escola só pra torturar os outros. Faz um ar de durão e adora falar com frases imperativas, gritando e babando ao mesmo tempo. O que ninguém sabe é que ele é um frutinha que depois da aula fica passando desodorante da marca For Woman. Geralmente as mulheres é que são assim,
  • Engraçadão: Faz piadas o tempo todo, com mania de zoar um aluno quando cai ou ficar fazendo piadas de duplo sentido sobre bolas. Esses professores são bem raros, e á um perigo do professor ser um fã de Zorra Total e contar as melhores piadas do mundo. O que mais gosta de fazer é sacanear os perebas.
  • Pervertido: É um filho da puta odiado por todas as mulheres. Ele vai sempre tentar passar a mão na calcinha das garotas e se ele for aboiolado
    Levantamento de peso...
    ele via ficar olhando pros músculos do fortão da classe. É provavelmente o mais perigoso, á não ser que você seja uma puta.

Entre suas funções estão:

  • Mostrar para o seu filho que nem todos os adultos são idiotas, mas que certamente ele tem aula com um
  • Mostrar que um cara com a sua idade sabe jogar futebol sem cair ou sentir dores no dia seguinte, mas que é broxa por causa do uso de anabolizantes
  • Mostrar que eles sabem contar até 8 (chegando nisso, eles recomeçam a contagem)
  • Mostrar para sua mulher que nem todo homem com mais de 30 anos é broxa (apesar de que eles são, novamente, pelo uso de anabolizantes na esperança de ficarem fortes, mas esquecem que não adianta nada ficar grande e broxa ao mesmo tempo).
A inteligência de um aluno

Na verdade os professores tão pouco se fodendo para os alunos, afinal, o aluno indo bem ou não o professor ganha seu salário mínimo pra gastar na zona e no bar, se aproveita de que é o manda-chuva na hora da aula pra fazer o que quiser com os alunos sem ser punido. Fora da escola, o professor de educação física geralmente fica correndo pela rua tentado "entrar em forma" mal-sucedidamente, não possuem esposas (que mulher vai querer um trambolho desses???) nem filhos e suas moradias (quando tem) não servem pra porra nenhuma, vide o fato do infeliz viver o tempo todo tentando adquirir forma em uma academia meia boca.

Mulheres[editar]

Não vamos começar falando de aparência, pois isso difere umas das outras. A principio, as professoras de educação física também podem variar de personalidade, mas todas são um saco, a não ser que esteja em uma universidade, agora, estando em uma escola (pública) ou particular, daí você se fode bonito, he he.

Não se engane, esse zé ruela não sabe nem chutar uma bola
  • Bonita: É aquela professora de educação física gostosa que te deixa babando, claro, ganhou aquele corpo todo malhando, o que não significa que você (caso seja uma garota) vai ter o mesmo corpo, a personalidade desta pode variar e muito, mas ninguém se importa, já que fica o tempo todo olhando pra bunda da ninfeta.
  • Engraçada: Aquela que tenta fazer graça pros alunos gostarem dela, mas isso os faz odiá-la cada vez mais, geralmente as desse tipo são feias, geralmente parecendo a Chiquinha ou a Jarilene.
  • FDP: Geralmente feias e sem graça, ela é muito zoiera, e só costuma ser amiga dos populares, o que significa que ela irá te tratar como lixo.

Perfil dos Alunos[editar]

Homens[editar]

Homens no sentido biológico, pois são umas criancinhas retardadas que estão demorando pra crescer, acham que estão na sua favelinha batendo uma com os miguxos, se esquecem completamente do fato de estarem em um ambiente escolar e ficam o tempo todo se achando o Lionel Messi, se achando o fodão e sacaneando os perebas, quando na verdade jogam tão bem quanto sua vó com derrame. Costuma ficar com cara de safado toda vez que alguém fala a palavra "bola" (ou seja, eternos virgens), geralmente tem:

  • O metido a besta, que se acha o fodão, não só na Educação Física quanto nas outras aulas, mas quando chega em casa vira um bebê chorão com medo da Atividade Paranormal da Tela Quente.
  • Os miguxos do metido a besta, que só sabem imitar o metido a besta.
Você, depois de anos ralando na Educação Física
  • Os populares, iguais aos metidos a besta, mas não se acham fodões (lembre-se: Quanto menos popularidade a pessoa ter, mais neurônios cerebrais ela possui).
  • O pereba, que transforma a aula em comédia e sempre paga mico.
  • O cara que leva bolada no saco, sempre tem um.

Alguns (poucos) podem até ser bonitos na visão feminina, mas são tão inteligentes quanto o Seu Creysson (aliás, geralmente parecem com ele, falam como ele...), enfim, se acham jogador profissa da seleção só porque assiste joguinhos do Flamerda e bate uma bola com os miguxos da favela nas tardes de domingo, mesmo assim ele consegue atenção, seja pela popularidade ou pelo fato de haver gente que joga pior ali.

Mulheres[editar]

As mulheres geralmente jogam pior que os perebas, já que todas só pensam em três coisas: dar a bunda, dar a bunda e dar a bunda (a.k.a. piriguetes) e não tão nem aí pra Educação Física, mas acham a melhor aula porque elas não nescessitam usar algo que não possuem.

Até a 4ª série, na metade do tempo, todos tinham liberdade de fazer o que quiser na aula, geralmente as garotas ficavam pulando corda ou jogando queimado enquanto os meninos jogavam bola, atualmente não conseguem fazer porra nenhuma, até porque a única coisa que elas conseguem fazer com as bolas é chupá-las.

A quadra, da mais alta classe

Geralmente, as garotas são:

  • A gostosa, burra como todas, o motivo para muitos gostarem de Educação Física, vide o fato delas sempre colocarem um shortinho apertado criando capô de fusca e um bundão gostoso, o número de garotas assim na sua turma variam entre "0" e "1".
  • As miguxas da gostosa, elas se acham gostosa e ficam se exibindo para os meninos, elas não sabem que eles estão broxando para aquilo.
  • As gordas, em muitos jogos se precisa dela, afinal, como se joga sem a bola???
  • A patricinha, que grita de nojinho quando a bola vem na direção dela.
  • As piriguetes, são a maioria, rebatem usando a raba.

As mulheres só gostam da educação física pra se exibir para os garotos sem saber a preferência sexual deles, algumas acham que a aula é um desfile de moda, vivem se desfilando segurando a bunda, todas elas são burras (sem exceção) e não há uma pereba em especial, todas são as perebas.

Os Esportes[editar]

Futebol[editar]

O professor te diz que hoje é dia de futebol, você fica todo feliz e quando vai ver...olha o estado da bola

Essa é a que os seus miguxos adoram, por algum motivo desconhecido. Nessa hora os garotos pensam que estão em suas favelazinhas de fim de mundo, fazem uma verdadeira baixaria na quadra (e o professor nem aí). É a hora preferida dos garotos com mentalidade infantil e a pior hora para os perebas, que sempre levam bolada no cu saco. O gol tá ali só de enfeite, pois a bola pode ir parar em qualquer lugar: No céu, no inferno, na cara da professora, na janela da diretoria, na puta que pariu, no vestiário, no saco do pereba, do outro lado do mundo, no centro da terra, entrar em órbita..., qualquer lugar, menos o gol.

Geralmente o futebol fica pro final da aula, porque a bola não será mais vista depois daquilo, caso fosse colocado no inicio, a bola iria parar na casa do caralho e a aula seria suspensa, o que seria uma tortura para a maioria dos alunos, menos para os perebas, nerds e gordos, porém, terão que ir embora correndo, pois caso a bola tenha entrado em órbita, ela pode voltar a qualquer momento e arrebentar com a fuça de alguém (seria uma cena tristemente engraçada).

Vôlei[editar]

O resultado de uma aula de salto em altura

Essa é a preferida dos punheteiros de plantão, já que as garotas terão que empinar a bunda pro alto para fazer o saque/manchete (sei lá como chama). Geralmente o vôlei é o mais tranquilo, e é até engraçado porque os idiotas não sabem pra que lado ir na hora do rodízio de pizza, ficam que nem uns idiotas rodando pra lá e pra cá, e tem sempre um idiota que tenta sair correndo pra o outro lado da rede e acaba dando uma cacetada no ferro, essa parte é clichê, mas é muito engraçada.

O vôlei nas escolas é essa babaquice porque lá não há nenhum Bernardinho pra colocar ordem na casa, vide o fato dos professores serem uns vagabundos e aproveitar a situação pra vagabundear. Caso algum dia chamem o Bernardinho pra treinar vôlei nas escolas, acabou a bagunça, mas isso não vai acontecer, já que a escola não tem dinheiro pra pagar o salário do coitado.

Assim como no futebol, tem sempre um que leva bolada no saco, mas é sempre o lerdão, já que tem que ser muito lerdo pra ter seus órgãos genitais atingidos por bolas quando a bola vem de cima.

Basquete[editar]

O que você tem vontade de fazer na hora da aula de Educação Física

Basquete é sempre uma suruba, já que todo mundo quer pegar a bola antes da mesma entrar na cesta, e como são todos uns merdas no basquete, a defesa, ao invés de impedir a bola de entrar na cesta fica pulando em cima do jogador do time adversário que quer colocar a bola na cesta, seria isso uma declaração amorosa?? pode ser.

Também é engraçado ver aquele baixinho tentando carregar a bola e não conseguindo, sendo a bola maior que ele próprio, geralmente o cara nem baixinho é, só é um fracote imbecil que se acha fodão, a maioria os metidos a besta citados anteriormente, geralmente pior que os perebas, é quase certo dois imbecis se trombarem.

A bola de basquete está sempre toda careca, velha e deveria estar é no lixão, de tão desgastadas que estão, aliás, foi do lixão, que elas vieram, assim como cada pedaço da escola, vai que aquela bola foi usada por uma criança africana com varíola??? se depois você ficar com varíola, a culpa é da escola.

Atualmente é muito raro ter basquete nas escolas.

O lado bom da Educação Física[editar]

Tumbleweed01.gif

Educação Física Teórica[editar]

Nerd, ao descobrir que seu cérebro não ajuda na Educação Física

A Educação Física teórica ocorre quando chove (pode ser uma leve garoinha) e a aula tem que ser feita na sala, até a 5ª série é assim que era, a partir dali, toda semana tem uma Educação Física teórica, e pra piorar, ela não entra no lugar da Educação Física normal, a Educação Física normal tem um horário e a teórica outro, faça chuva ou faça sol. A Educação Física teórica é só um nome de fachada, já que a aula é um mix de história e biologia/anatomia, no começo do ano, o professor começa falando sobre como se comportar nas aulas práticas, ou seja, que não pode tomar banho pelado (as meninas sempre desobedecem e fazem suruba no vestiário, e tem sempre um punheteiro que espia pela janela) e...só isso.

Lá pro meio do ano o professor começa a parte da história e fica escrevendo no quadro o funcionamento e a história dos esportes, e você tem que copiar tudo aquilo, geralmente não tem perguntas para acompanhar o que é bom, mas mesmo assim os alunos vagabundos não fazem porra nenhuma e ficam tagarelando na aula. No final do ano (bem no final mesmo, no último mês de aula) é que começa a anatomia, o professor fica falando de piroca e buceta, de como os dois se encontram, de sexo/suruba, de DSTs, de porra, de gravidez, enfim, é uma putaria só, atiçando a mente pervertida dos onanistas (ou seja, 99,99999999999999% dos alunos, que ficam só imaginando o que o professor fala e descabelando o palhaço/brincando com a periquita em plena sala de aula.

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ......os alunos são muito burros por preferirem a Educação Física prática, pois é na teórica em que ninguém faz nada

A Educação Física teórica também é boa porque é sempre a que o professor demora mais pra chegar, na maioria das vezes quando ele chegar, a aula já acabou, e mesmo assim, só encontrará meia dúzia de alunos na sala, já que a maioria tá farra no refeitório, e os inspetores nem notam, talvez eles tenham Síndrome do Stevie Wonder, sei lá. O caderno de Educação física teórica é o filho do caderno normal, ele é pequenininho (que bunitchinhô), é bem similiar aqueles caderninhos de primeira série que você separava o de "aula" e de "casa" (você deve fazer isso até hoje), só que em vez de estar deitado, ele está em pé, nas escolas particulares, como o aluno não recebe material, ele geralmente rouba o caderninho do irmão mais novo, que por ventura, ainda está na primeira série.

Ver também[editar]