Empalamento

De Wikimerda
Ir para: navegação, pesquisa
Escravo brs.jpg

Empalamento é uma tortura do nível demônio sem coração!

Então é melhor não vandalizar, senão Seu cu não será perdoado.

60px-Uiquiilogo botante.gif
Para os idiotas entre nós que escolhem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Empalamento.
Uma bicha sendo empalada

Cquote1.pngExperimente também: Sexo AnalCquote2.png
Google sobre Empalamento
Cquote1.png Adogo Cquote2.png
Justin Bieber sobre Empalamento
Cquote1.png E o Bambu? Cquote2.png
Menina do Bambu sobre Empalamento
Cquote1.png Na cavidade ANAL! Cquote2.png
Zé Graça sobre Empalamento
Cquote1.png É possível ter prazer anal Cquote2.png
Sandy sobre Empalamento
Cquote1.png Doeu, doeu, e agora não dói, não dói, não dói. Chorei, chorei, e agora não choro mais... Cquote2.png
Falamansa sobre Empalamento
Empalamento (aka Arrombamento) é um modo de exibir carcaças de animais (incluindo os ditos "racionais") em museus enfiando palitos de churrasco na raba dos animais e deixando eles apoiados nesse bastão. Existe também os casos em que não enfiam um bastão pela parte anal do animal (até rimou...e ninguém ligou), e sim matam ele e arrancam a cabeça dele deixando ela na parede e incrivelmente ela não fede nem se decompoe.

Modo de fazer[editar]

Eric Cartman prestes a empalar alguém (quem assiste essa série vai se mijar de rir dessa idiotice)

Comece arrumando uma arma de longo alcance, seja essa arma uma espingarda de fazendeiro para caçar coelhos ou um estilingue de matar largatixas. Se conseguir a arma, vá para a floresta e procure o animal que deseja empalhar, e ao encontrar ele, se esconda em um arbusto, mire, e puxe o gatilho para matá-lo. Arranje alguma coisa para levar o animal para casa, se for pequeno serve uma carreta velha, se não, boa sorte achando uma sacola retornável grande o bastante para leva-lo para casa. No fim, parabéns, você completou a primeira parte do empalamento!

Na segunda parte do empalamento, você tem que pegar um pedaço de pau de uns 20 centímetros e enfiar na bunda do animal até sair pela boca dele. Se você for fresco, coloque uma mascara para não ver a cena. Terminado o arrombamento, coloque o bicho (ou a bicha) que você tem em mãos em uma plataforma, mas não coloque em uma do tempo da Dercy Gonçalves que está quase virando pó. Conclusão: Depois de muito suor, você terminou o empalamento.

O empalamento foi considerado em muitos países como violência demais para criancinhas de 3 anos, e por isso foi proibido fazer empalamento em qualquer lugar e de qualquer jeito no país para sempre. Veja quais são esses países para não cometer a cagada de fazer empalamento por lá:

  • Brasil - Com tantas espécies extintas por aqui, você acha mesmo que iam deixar? Só permitem sexo anal.
  • Todos os países da África - Ou pelo menos tentam, já que polícia com estilingue não ajuda.
    Uma amostra profunda
  • China - Enfia coisa no labo dos otlos é bom, né?
  • Reino de Deus - Por um motivo tão óbvio que todo mundo sabe.

Outra versão de empalamento é para quem é fresco demais para ver uma pobre carcaça de animal pendurada na parede ou um vegetariano hipócrita que não aceita ver animais mortos. Nessa versão, o empalamento é um simples boneco de plástico malfeito que mais parece uma escultura feita pro um bebê de colo do que um animal empalhado. Essas esculturas, pra variar, custam pra caralho em qualquer lugar do Brasil (como se alguma coisa aqui fosse barata).

Vamos te dar um exemplo do quanto é difícil fazer uma compra dessas imaginando você saltitando na rua pra comprar um animal empalhado de mentira. Você chega na loja, todo feliz, e pergunta quanto é que está o objeto. O vendedor, que está com uma cara do tipo foda-se, responde que e o preço é R$ 6237237520539753226,00 e que sua merreca não vai dar nem pro gasto da compra. Persistindo, você xinga o vendedor de filho da puta e manda ele abaixar o preço. O vendedor fica bravinho e chama dois guardas bombados que te tiram da loja.

História do Empalamento[editar]

Tudo começou no início dos tempos, alguns até dizem que o primeiro caso ocorreu quando Caim matou Abel, segundo uma vez que o espírito de Caim baixou lá num terreiro de Salvador ele assumiu que havia empalado o irmão com o galho daquela famosa macieira. No entanto a teoria mais aceita pelos estudiosos da técnica é que ela na verdade surgiu na Assíria, em plena Mesopotâmia, no século XI antes de Cristo nessa época os assírios, o povo mais sanguinário que já existiu, costumavam inserir estacas no cu dos subjulgados e deixá-los morrer de hemorragia e o mais bizarro de tudo, eles faziam disso um show.

Um assírio chamado Assurbanípal adorava ver a sessão enquanto almoçava, se estivesse vivo atualmente, almoçaria vendo o Offended.

Alguns exemplos dessa dolorida técnica

Os assírios propagaram esse hábito por todos os cantos do seu império, mas a moda não pegou, mas, após o fim do império, nos antigos territórios eles preferiram outras táticas de tortura e execução que não o simpático empalamento, métodos como a decapitação ou a crucificação. O empalamento permaneceu esquecido durante anos e anos, décadas e décadas, séculos e séculos, até ser ressucitado por um certo ser do, atual, folclore mundial, esse cara era um tal de Vlad Ţepeş, ou o filho do dragão, Draculea, vulgo Drácula, para os íntimos Vladzinho.

Vlad era um romeno da nata, príncipe da Valáquia, e psicopata por natureza. O romeno era um dos maiores generais da resistência romena contra a invasão otomana e tinha o péssimo hábito de sair empalando qualquer um que encontrasse, preferencialmente soldados inimigos, mas ele, também, não recusava mulheres, crianças, idosos e ursinhos carinhosos ou gatinhos nos ritos sanginários e, quase, tribais.

Vlad empalou tanta gente, mas tanta gente que ganhou o carinhoso codinome de Vlad Tepes, o Empalador, um título que para qualquer um seria indício de maluquice, mas Vlad encarava isso com orgulho e continuava a empalar mais e mais turquinhos. Até que num belo dia de verão ele foi pego por um grupo de otomano e entendeu o real significado da expressão Cquote1.png Cabeças rolarão Cquote2.png.

Empalando[editar]

Um animal empalado

Empalamento é o que pode-se chamar de coisa desagradável. Empalamento consiste na introdução de um pau objeto duro no ânus ou vagina de outra pessoa, só que não tem relação nenhuma com qualquer espécie de sexo, pois ele também pode ser feito pelo umbigo.

Essa coisa dura é na verdade uma estaca, não o que você estava imaginando, essa estaca é enfiada você sabe muito bem onde e ela traspassa a pobre vítima, até sair pela boca, sendo o cúmulo do prazer pelos sadomasoquistas.

O empalamento pode ser feito de várias formas, mas há, sempre, um padrão uma estaca entra por baixo e sai por cima a entrada pode ser pela vagina (válido apenas para pessoas do sexo feminino, seria complicado meter o pau a estaca na vagina de um cara), pode ser, também, pelo ânus (a versão tradicional, testada e aprovada pelo Drácula), há, também, a variação com entrada pelo umbigo, mas não é mais popular, pois esta não rende piadinhas com teor sexual.

A saída varia, o ideal é pela boca, mas às vezes por burrice problemas de execução a coisa sai do lado errado, pela nuca ou pelo pescoço e se você for, realmente, ruim de mira pode sair pelas costas ou pela testa da vítima. Vlad, o Drácula, inovou no ramo, se você colocar um pedaço de carvão na ponta da estaca você impede que o dito cujo, o empalado, morra de hemorragia, o carvão cauteriza as feridas prolongando a agonia do coitado pendurado no pau.

Ver também[editar]