Garrote vil

De Wikimerda
Ir para: navegação, pesquisa
Escravo brs.jpg

Garrote vil é uma tortura do nível demônio sem coração!

Então é melhor não vandalizar, senão Seu cu não será perdoado.

60px-Uiquiilogo botante.gif
Para os idiotas entre nós que escolhem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Garrote vil.
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Essa porra dói?
ESSA PORRA DÓI

Cquote1.png Bem que podia ter dessas na escola Cquote2.png
Masoquista sobre Garrote vil
Cquote1.png As da escola são assim, já que todos ficam imóveis quando sentam, ao invés de estudar... Cquote2.png
Professora piadista sobre citação acima
Cquote1.png Sobrevivi Cquote2.png
Fantasma sobre Garrote vil
Cquote1.png Bons tempos! Cquote2.png
Inquisitor Espanhol sobre Garrote vil
Cquote1.png Escolhe: Forca, garrote vil ou Potro Cquote2.png
Inquisidor espanhol dando ao torturado suas escolhas
Cquote1.png Escolhe: Funk, Justin Bieber ou One Direction Cquote2.png
Inquisidor brasileiro dando ao torturado suas escolhas

Garrote vil é um objeto para pena de morte criado por espanhóis com muito tempo livre e pouca coisa para fazer. No começo, o garrote era uma simples cadeirinha aonde a o zé batia as botas com um machado, espada e etc. Mas alguns anos depois de sua criação adicionaram um prego de um tamanho ...Ô psit! para penetrar a cadeira e dar um toque no pescoço do zé e dar o cabo rapidamente e com muita dor (uiii)

Diversas pessoas foram condenadas para o Garrote Vil por terem matado alguém, comido uma garota menor de idade, xingado algum administrador da Wikipédia e por isso foram transformados em purpurina no Garrote Vil. Não cometa os atos deles! (Ou sim)

Como funciona[editar]

Jantar romântico de despedida

Primeiro, você precisa ser condenado, para isso roube uma máquina do tempo da área 51, ajuste ela para 600 d.C. no dia 30 de fevereiro e entre na máquina. Chegando na época já dita, procure a casa da pessoa mais importante que puder encontrar, recomendamos a de um prefeito ou qualquer cara com muita casa. Toque na campainha, e quando ele for atender a porta, o metralhe e o desmembre para que ninguém te veja e chame a polícia. Quando a polícia chegar para investigar, admita que fez o assassinato e deixe que eles te metam no camburão.

Chegue na prisão fazendo cara de fodão, e seja jogado na cela. Espere alguns dias, talvez semanas, ou meses ou até anos, já que arquivos jurídicos naquela época eram mantidos com fita adesiva e barbante tabajara. Finalmente, vai chegar sua hora de morrer, vá em frente, e diga que prefere morrer com um Garrote Vil. É bem simples, ele é uma coleira de metal com uma espécie de parafuso gigante que ao ser apertado vai apertando a coleira. E se seu pescoço estiver dentro desse aro bem, você já fez um testamento?

O que torna essa técnica vantajosa é que ao prender e destroçar o pescoço o indivíduo fica impossibilitado de gritar, sendo, então, permitida essa técnica em condomínios depois da 10 horas da noite. Sente-se na cadeirinha deles, e espere te colocarem aquele colar de bondage no pescoço, e sofra sua morte. Se começar a sentir uma luz forte na sua fuça, é porque você foi sugado pelo nada.

História[editar]

Parece confortável, né?

Como já foi insinuado o garrote vil surgiu na Espanha, na época da inquisição e foi largamente utilizado durante a contra-reforma, seja para matar pagãos infiéis, seja para matar o tédio dos sanguinários padres da época, que, em hipótese alguma, rejeitavam uma boa carnificina aos fins-de-semana.

A técnica foi amplamente difundida ao redor do mundo sendo utilizada além da Europa, em países longínquos como o Brasil. Há dados concretos de que o glorioso Dom Pedro I, nosso primeiro e mais sanguinário imperador. Ele mandou o frei Caneca para essa sórdida execução.

Esse método de tortura/execução fez tanto sucesso que até 1975 era utilizada com respaldo da lei, isso na Espanha, hoje é usada clandestinamente por membros de organizações criminosas como a Igreja Universal e a Maçonaria.

Hoje em dia, em 2020, o Garrote Vil é desconhecido por 99% da população do mundo, já que torturas e penas de morte só acontecem nos fins de mundo da Africa e da Ásia. Por causa disso, você só vai encontrar um Garrote Vil que ainda está inteiro em um museu ou numa casa antiga que pertence a um ricaço que nem sabe o nome do objeto. A NASA também possui alguns deles com o objetivo de criarem cadeiras elétricas para torturarem espiões da China e da Coréia.

Na Espanha, o pioneiro do garrote, ainda mantém Garrotes em museus hoje em dia, porém esses viraram praticamente pó com o tempo e só estão em exibição para quem pagar uma pequena taxa, afinal, um objeto tão valioso não vai ficar se exibindo para um pobretão como você. Mas talvez, se você tiver muita grana mesmo e estiver usando um terno só para gentlemans, eles podem fazer sua entrada na sala do Garrote gratuitamente.

Lista de executados no garrote vil[editar]

O Garrote vil dos dias de hoje

Ver também[editar]