Massenvernichtung Holocausto 卍

De Wikimerda
Ir para: navegação, pesquisa

Predefinição:Logotipo:

Nota: Esse artigo foi escrito por um intelectual, se você não conseguir compreendê-lo é porque você é burro pra caralho

Escravo brs.jpg

Holocausto é uma tortura do nível demônio sem coração!

Então é melhor não vandalizar, senão Seu cu não será perdoado.


60px-Uiquiilogo botante.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Holocausto.


331px-Longcat.jpg Prepare-se para ler:
Esse artigo é maior que o seu cu e pode causar cegueira.
Pense duas vezes e não seja tão idiota antes de ler algo assim

Cquote1.pngVocê quis dizer: Holocausto nuclearCquote2.png
Google sobre Holocausto

Nazi swastika clean.svg

O Holocausto (conhecido como Massacre de Adolfinho) foi uma política de extermínio sistemático de todas as ocorrências da palavra e foi realizado na Alemanha Nazi. Em outras palavras, foi a construção de um grande complexo de lazer de acomodações, resorts e grandes chuveiros construídos por Heinrich Himmler, companheiro e amante de Adolf Hitler, como oferenda aos seus grandes amigos judeus.

Ele teve seu auge durante a Segunda Guerra Mundial, e sua morte, alguns anos depois, quando os judeus decidiram mudar maciçamente para os resorts do Mar Morto. Enquanto estavam na Alemanha, muitos cidadãos não-judeus criaram desculpas para deixá-los ir, como foram os de serem homossexuais, testemunhas de Jeová, ciganos, comunistas ou simplesmente feios.

Foi um marco histórico na Alemanha quando o inventor Adolf Hitler da FACA (Faculdade de Ciências Alemã) descobriu uma forma barata de desenvolver hologramas a partir de soda cáustica.

História[editar]

O Reinado do Terceiro Reich[editar]

Berlin, antes do holocausto, uma cidade feliz e alegre, seus bondes e carros que tomavam conta das ruas e seus moradores carregando esperanças e harmonia por onde andavam

Tudo começou com um sonho de Adolf Hitler, um from UK alemão. Seu soinho era construir uma alemanha forte, forte suficiente para matar vários judeus, invadir metade do mundo e mais forte ainda para se manter assim por mil anos. Esse plano muito maduro da parte de Hitler tinha tudo para dar certo, claro que tinha! Oras, invadir metade do planeta terra, matar todos os Judeus, algo muito simples de se fazer, ninguém iria se importar e a Alemanha iria tomar conta de tudo em pouco tempo.

Seu reinado foi sangrento, cabeças rolaram, soldados russos eram lançados por canhões em cidades alemãs, bombas inglesas acertavam todas as casas alemãs, incrível, 90% das bombas inglesas matavam mais civis do que os militares alemães, se tivesse um tanque alemão na frente de um canhão inglês, ao disparar, a bomba do canhão iria acertar uma casa civil a 20km de distância do alvo, enfim, foda-se.

O que era para durar 1000 anos, não durou metade, em 1945 Hitler viu que estava na merda, viu que fez merda, viu que é um merda, e teve que se matar para não ser morto (?) Assim que o seu grande líder, o, Hitler, resolveu se matar, o terceiro Reich e último teve o seu fim! O Terceiro Reich durou de 1939 a 1945...período em que a sua mãe estava na faculdade..Isso se ela chegou a fazer faculdade!

A Lista de Schindler[editar]

Berlin depois do holocausto, com suas ruas fudidas e arregaçadas, seus tanques de guerras que passavam por cima de quem saísse na rua, e seus moradores carregando infelicidade e depressão por onde andavam

Em meio a isso, um alemão invejoso não queria que essas pessoas se beneficiassem de spas livres, fez uma lista de pessoas que estavam livres para atendê-las. Schindler decidiu comprar alguns judeus (eram tão valorizados pelos nazistas, que tinham de pagar para desfrutar de sua companhia), para a qual ele fez uma lista de nomes, a mais famosa lista de nomes de todos os tempos. Além disso, alguns judeus em sua vizinhança que ele não gostava, adicionados à lista de sua mãe, que tinha reumatismo e queria ir buscar alguns banhos de lama. Schindler, de fato, mudou a lista e fez uma de traidores políticos merecedores de todos os suplícios. Depois que sua esposa Schindler perguntou como ele poderia gastá-lo, e ele disse sua famosa frase: "Bem, você sabe ir" (que seria anos mais tarde incorporada no filme como uma das melhores linhas da história).

As atividades em spas[editar]

Aqueles que estavam hospedados no spa foram extremamente sortudos de ter acesso a atividades físicas livres quase todos os dias. Isso, juntamente com uma dieta rigorosa (um pedaço de pão por dia, com algumas larvas somente se eles se comportassen bem) sempre em forma. Entre as atividades físicas que os judeus poderiam desfrutar estavam mover bigornas e a fundição de aço com balas, junto com a fabricação e testes do mesmo.

Como haviam judeus mais idosos que não tinha forças para tal ginástica, suas atividades foram limitadas à questão das casas de banho. No início, eles foram banhados e limpos, mas logo os nazistas perceberam que seria mais limpo colocá-los em fornos e transformar seus ossos

Revista em circulação nos EUA durante o holocausto. Perceba que os americanos não sabem contar.

em sabão.

O Gueto de Varsóvia[editar]

Em algumas favelas de Varsóvia, judeus juntaram e promoveram uma série de festas do quarteirão em spas alternativos para os nazistas. Hitler ficou profundamente irritado, principalmente porque nessas festas se ouvia rap e reggae, em vez de emocore. O desconforto de Führer foi porque ele combinou a sua posição como o Terceiro Reich com a presidência de uma gravadora que queria transformar a Banda Restart no número um em vendas. A conseqüência foi que os alemães marcharam com o seu exército no gueto e queimaram todos os leitores de discos. Em meio ao caos, havia poucos sobreviventes á avalanches dizimando muitos mortos e feridos porque as portas dos clubes não eram grandes o suficiente.

A tragédia do gueto de Varsóvia foi recontada no filme O Pianista (estrelado por Elton John) e na música de Elvis Presley "In the Ghetto".

Resultado[editar]

Depois de vários anos de diversão em spas, os humanitários nazistas foram incapazes de continuar devido á gastos sociais, como a aliança profana judaica-maçônica-bolchevista internacional ter decidido invadir o Terceiro Reich. Eles tinham que fazer alguma coisa com os judeus que estavam em spas (cujas casas e propriedades haviam desaparecido misteriosamente em The Twilight Zone). Este encomendou um Reinhard Heydrich idease como uma solução para o problema. A primeira coisa que aconteceu com esse homem foi trazer todos os judeus para Madagascar (Heydrich tava chapado), mas mais tarde, em meio a um burburinho de ácido lisérgico, disse que os judeus estavam fedidos e precisavam de um chuveiro.

Um mês depois Heydrich morreu de uma overdose, por isso foi seu ginecologista, Adolf Eichmann, o responsável pela execução do plano. Eichmann decidiu dar banho em todos os judeus com um gás altamente eficaz chamado flatus, assim seria mais brilhante do que o passado por lixívia. Estes chuveiros tiveram o efeito colateral da morte lenta e dolorosa, mas todos nós sabemos que spas nem sempre dão o que prometem.

Soldados americanos reivindicando a Ilha de Iwo Jima.

Nos campos da felicidade, a segurança dos judeus era o mais importante, e foi por isso que o SS[1] decidiu colocar um arame farpado eletrificado enorme, guardas armados e campos cheios de minas terrestres, mas foi depois de comprar toda essa bobagem que os nazistas correram para fora do orçamento, de modo que os detentos do quartel em vez de ser como casas normais (como inicialmente previsto), tiveram de ser construídas com madeira, e para economizar espaço e energia#energia elétrica em cada barraca tiveran que viver cerca de 750 prisioneiros. Outra regra que foi usada para economizar dinheiro e água quente era a de que os prisioneiros só deveriam tomar banho uma vez em sua vida, e se o fizessem, eles tiveram que usar sabonetes especialmente concebidos para eles. Finalmente, um preso só podia comer uma vez a cada oito dias, e foi por causa desta regra que muitos presos que sofrem de anorexia extrema.

Determinação[editar]

De quem era judeu[editar]

A primeira questão que os nazistas tiveram que definir apenas ao enviar os convites para seus spas, era de quem exatamente eram os principais beneficiários. Obviamente, aqueles com tranças, yarmulkes e livros do Talmud na mão eram judeus.

Mas, o que acontece com os outros? Eram judeus os

Enola Gay, o avião de nome sugestivo que arremessou um supositório gigante, fodendo lindamente o Japão.

filhos de judeus que se convertiam a outras religiões, como a do Monstro de Espaguete Voador??? E quanto aos seus cônjuge??? E seus amantes??? E os filhos de seus amantes??? E se encontramos um que afirma ser ariano, mas tem um nariz proeminente??? São suspeitos de serem judeus???

Foi finalmente decidido que todos os judeus, suspeitos de serem judeu, que haviam tocado um judeu, que respiravam o mesmo ar que um judeu, que tinham um vizinho invejoso judeu e que tinham comido feijão nas últimas duas semanas deveriam ser enviados a um campo de concentração.

De quem era viado[editar]

Eram considerados viados aqueles que eram suspeitos de serem viados, que haviam tocado um viado, que respiravam o mesmo ar que um viado, que tinham um vizinho invejoso que falava como viado, e, claro, os judeus.

Se você fizer um ataque a uma casa e o inquilino tem muitas salsichas em casa, enquanto olha para fotos de pedaços certamente buraco errado vai ter que comer e as imagens vão ser de um membro da família, não é uma questão de ser mal-intencionado.

Personagens famosos[editar]

Josef Mengele[editar]

Assinatura do Tratado Ribbentorp-Molotov.

Pesquisa.pngVer artigo principal: Josef Mengele

Foi um sádico médico alemão que fez merda atuou no regime nazista. Super conhecido por realizar experiências bizarras em seres humanos, Josefinho nasceu em 16 de março de 1911 em Günsburg. Conhecido também como "Anjo da Morte" devido ao pseudonimo que usava em suas sessões sadomasoquistas onde era enrabado por dezenas de Judeus.

Josefinho foi o oficial sádico médico da principal câmara de tortura enfermaria do campo de Boiolanau, que fazia parte do complexo Auschwits. Porém, ele não foi o fodão oficial médico chefe, acima dele estava o também sádico médico Eduard Wirths. No fim da Segunda Guerra Mundial, Josefinho ficou com medo e saiu correndo pra não se foder fugiu da Alemanha, passando por alguns países, até encontrar refugio na Argentina, e ao lado de seu filho Maradona, permaneceu muitos anos por lá, até vir morrer aqui em Bertioga, no litoral paulista, em 7 de Fevereiro de 1979.

Adolf Hilter[editar]

Pesquisa.pngVer artigo principal: Adolf Hitler

Quando jovem, Hitler presidiu o clube de xadrez de sua escola, e promovia violentos torneios, onde o perdedor se tornaria desprovido de um dedo igual ao (Lula, participou de um dos torneios e é óbvio que perdeu. Também participou do grupo de debates, onde era um adversário temido, devido a sua viadagem.

Hitler atacando os Países Baixos.

Consta que Hitler em determinada fase da vida se prostituiu com cachorros, mulas e similares.

À época, constatou-se (após exame do toque anal) que Hitler era portador de uma irascível condição de sadomasoquismo e histriônismo exarcerbado crônico! Sua loucura e ódio a diversos tipos de pessoas e raças se deve - provavelmente - ao estupor de ter desejado transar com diversos homens de todas as raças que o rejeitaram por causa de seu bigodinho SEXY. Recentes historiadores acreditam que Hitler tem um parentesco distante com Hillary Clitonris.

Seu homossexualismo fetal e tardio jamais foi escondido tanto que a juventude Hitlerista era conhecida como "o exército de Hitler que adorava descer o cacete", principalmente quando na presença do queridinho Füeher que adorava levar ferro. Tanto isto é verdade que a maior comenda do exército alemão naquela época era o CDF (Cu De Ferro).

Simon Wiesenthal[editar]

Depois de escapar de um campo de concentração pela porta dos fundos (ela estava sempre aberta), partiu para encontrar nazistas para sujeitá-los a ter o mesmo tratamento que ele, como um sinal de gratidão. Diz-se que depois de forçado a ficar em resorts cheios de rabinos que liam o Talmud dia e noite, seu cérebro estourou.

Anna Frank[editar]

Cquote1.png PUTA QUE PARIU!!! Cquote2.png
Habitante de Hiroshima sobre a bomba Little Boy

Foi uma criança prodígio judaica campeã olímpica de esconde-esconde, uma amiga íntima de Adolfinho, o principal protagonista do reality show' chamado de Holocausto, que teve lugar junto com mais sete pessoas em uma casa em Amsterdã, Holanda, com intenções malévolas

O reality foi muito emocionante, já que os oito membros da casa tiveram que lutar para não deixá-la de fora. Finalmente, o programa tornou-se muito chato, portanto, a polícia holandesa, com a ajuda da Gestapo acabou prendendo todos os membros, incluindo Anne Frank, por furar o público e outras coisas...

Na madrugada de 36 abril de 1946, policiais armados invadiram a casa onde o show aconteceu. Membros do reality, sabendo disso, tiveram que esconder toda a sua maconha. Ao final do ataque, os guardas não conseguiram achar a erva, que está escondida lá até hoje, mas prendeu os últimos oito participantes, sob o pretexto deles serem feios. E assim termina uma outra página gloriosa com a polícia anti-narcóticos holandesa. Obviamente, os oito foram liberados, e cada um tomou seu caminho.

Negacionismo[editar]

De acordo com alguns revisionistas (todos os neonazistas ou islamitas, por coincidência), o Holocausto não aconteceu exatamente como você pensa. De acordo com estas teorias, o número de judeus mortos durante o período nazista foram mais de oito mil. Um deles foi uma odiosa que foi linchada por vários garçons furiosos que nunca

Um mano da raça afro usado como escada aos manos que usam o holocausto

falharam quando convidavam suas namoradas para transar jantar. A segunda vítima era a mãe de um cara que teve um derrame quando soube que o seu casamento foi "iídiche". O terceiro era o tio-avô de Woody Allen.

Os defensores desta visão revisionista que evidencia o Holocausto são realmente manipulações judaicas, que aliadas com os alienígenas e os Pokémons para dominar o mundo, assumiram o bancário global que desacredita nos nazistas bravos e colocam açúcar em Coca Diet. Embora esta teoria não seja amplamente aceito, o apoio que recebem dos historiadores alvos da Al-Qaeda dá muita força.

A escolha da palavra, precisamente, e nada mais, foi uma decisão controversa. No início houveram nomes alternativos para o holocausto, tais como "limpeza étnica", "massacre", "genocídio", "apartheid", "luta de almofadas", etc. Mas viu-se que os domínios na Internet com esses nomes já haviam sido pegos. Então, Joseph Goebbels imediatamente correu para registrar www.holocausto.com e colocar centenas de webmasters judeus para trabalhar na grande página que iria escolher os destaques do Holocausto, com animações em flash, jogos interativos e banners pornôs.

Mas ele logo descobriu, com amargura, que a Internet ainda levaria décadas para ser inventada, por isso que o projeto foi esquecido. Tudo o que restava era o nome, e sobre quantos desenhos serviriam para definir muito tempo depois do site oficial de uma cadeia de spas.

A queda[editar]

Pato Donald na época do holocausto

Em Março de 1945, tanto os EUA quanto a URSS já estavam fazendo festa dentro da Alemanha. Hitler estava desesperado, pois percebia que estava sendo encurralado a leste pelos soviéticos, a oeste pelos aliados e por trás por Motumbo. O líder nazista ficou preocupado, pois esta era a primeira vez em toda a sua vida em que sentia terror ao imaginar uma invasão violenta por parte dos soldados russos fortes e musculosos, e não prazer, como ele estava acostumado.

Com toda a pressão psicológica da guerra, somado ao rebaixamento da The Deutsche's Tabajara, seu time do coração, Adolfinho entrou em depressão êmica e enlouqueceu. Sua loucura chegou ao ápice no dia de sua morte, quando renegou às raízes emas e casou-se com Eva Braun.

Pouco depois da cerimônia Adolf recobrou sua sanidade e, ao perceber que o Exército Vermelho estava mais perto do que até mesmo ele desejaria, decidiu, por vontade própria, se matar. E em 30 de Abril de 1945, Hitler cometeu suicídio por autoempalamento em seu Bunker enquanto tropas russas acabavam de tomar Berlim sem gelo.

Após a gloriosa morte de Adolfinho, o General Soviético Zangief destruiu o Reichstag (parlamento nazista) com um Pilão Giratório. Pouco depois o próprio general hasteou a bandeira soviética sobre o que sobrou do edifício, onde apareceu numa das fotos mais famosas da guerra e, de quebra, afundou fundou a Alemanha Oriental.

Ver também[editar]


Notas

  1. Não, não estamos falando do Silvio Santos, mas do Schutzstaffel

Ligações externas[editar]