Santa Ditadura Caótica Católica da Espanha

De Wikimerda
Ir para: navegação, pesquisa
OLÉÉÉÉÉ!!!

Este artigo é un forastero, com sangue espanhol! Por isso não se espante se você levar uma chifrada ou ver pingos de uma paella e azeitonas esparramadas. Ele deve ter colonizado a América e um Picasso original pode estar por trás de Você!

Cuidado! General fraco pode querer matá-lo!

77px
Escravo brs.jpg

Inquisição Espanhola é uma tortura do nível demônio sem coração!

Então é melhor não vandalizar, senão Seu cu não será perdoado.

O assento confortável da Inquisição

Cquote1.pngVocê quis dizer: Ditadura CatólicaCquote2.png
Google sobre Inquisição Espanhola
Cquote1.pngVocê quis dizer: Pena de morteCquote2.png
Google sobre Inquisição Espanhola
Cquote1.pngExperimente também: Socialismo CristãoCquote2.png
Google sobre Inquisição Espanhola
Cquote1.png Legal uma sociedade secreta! Cquote2.png
Você sobre Inquisição Espanhola
Cquote1.png Queima ele, Jesus, queima ele... Cquote2.png
Musiquinha de crente sobre métodos da Inquisição Espanhola
Cquote1.png Com essa tal de inquisição eu nunca ouvi falar... No que é diferente da normal? Cquote2.png
Carla Perez sobre bater uma espanhola
Cquote1.png Na União Soviética quem queima a Igreja é VOCÊ. Cquote2.png
Reversal russa sobre inquisição
Cquote1.png Comunista ateu filho da puta, vai queimar no mármore do inferno Cquote2.png
Cardeal Ximenes dando uma de tio Abdul, sobre a citação acima

Que es isto?[editar]

60px-Uiquiilogo botante.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Inquisição Espanhola.

Inquisição Espanhola era uma instituição usada na idade média para assegurar que todas as pessoas da espanha estivessem ouvindo as palavras do chefão, mais conhecido como Deus, que estava nem aí para a história e deixou rolar. O nome, apesar de ser espanhol, valia para qualquer país do mundo. A inquisição era considerada espanhola porque os europeus não queriam ofender os miguxos espanhóis deles, nem queriam parar de encher grana até o cu com a parceria entre eles.

História[editar]

Alguns dos instrumentos de escolha por parte da Inquisição para ajudar o herége a tomar o caminho certo.

A inquisição espanhola começou como algo simples. Ok, talvez centenas de pessoas protestando contra a Igreja Católica seja algo perigoso, especialmente quando eles estão armados com bazucas. Enfim, havia um bando de desocupados que estavam se rebelando contra as ideias dadas pela Igreja Católica. E se até mesmo o cara ficasse incomodado com o bafo de peixe do padre... bem, você somente teria sua cabeça arrancada, dilacerada e esmagada. Mas essa matança não estava tão efetiva, já que não havia união entre esses caçadores de idiotas. E foi aí que a tal Inquisição surgiu.

A partir daí, toda vez que alguém chamasse o papa de gay, bebesse o vinho sagrado escondido ou se masturbasse pensando naquela freira gostosa, receberia um julgamento 0% justo, que quase sempre levava á guilhotina, e se não fosse ela era Dama-de-Ferro. Com o tempo, mais pessoas queriam entrar para o grupinho pensando na grana que iam conseguir para comer putas, comprar maconha e etc, e foi assim que, com muita cara de pau e safadeza, a Inquisição Espanhola dominou metade da Idade Média.

Membros[editar]

  • Inquisitores - O júri.
  • O Procurador Fiscal - Era quem dizia se você realmente pecou contra a fé ou não, ele foi proibido de dizer que não (mas em dias especiais, como períodos menstruais, ele dizia não quando a demanda das pessoas não era tão grande).
  • Xerife - Ele era gente fina, que se encarregava de trazer os prisioneiros para o processo de forma amável e sem empurrar.
  • O Executor - O mais amigável de todos os sujeitos (geralmente trazia a cabeça coberta), que foi ainda mais amável do que o xerife. Quando a corda estava puxando a guilhotina e caindo uma lâmina gigante na cabeça do pecador, alguns disseram que doía. No entanto, nenhum dos gillotinados nunca respondeu se doía (entende-se que não doeu) e também nenhum deles reclamou.

O julgamento[editar]

Esta serás a última visão que terás em vida, infiel! MWAHAHAHAHAHA!

Após a missa de domingo, o padre que disse que o pecador seria julgado pelas acusações de que foi acusado. Ele também encorajou os fiéis a ir aos julgamentos, não para verem como ele foi torturado e morto, para servir de exemplo aqueles que pensavam como o acusado, como muitos pensam, mas que eles possam aprender da sabedoria divina.

Depois disso, o xerife o levaria para fora da prisão (se não for morto antes comido por ratos ou escorregado na própria merda) e era dirigido para o número 13 da divisão criminal, onde fora realizado o julgamento.

Neste ponto, era colocado um cone pontiagudo na cabeça do infiél (daqueles que se coloca na cabeça de um menininho-mau na escola quando ele fica de castigo) que o fez parecer um foguete, também as pessoas iam diante do sacerdote convocado para ir. Alguns disseram que o acusado era inocente e alguns outros disseram que o réu os amaldiçoou e os seus campos de pepinos foram endemoniados. Depois que as pessoas pararam de dizer besteira, se traria ao réu e seria interrogado no seguinte algoritimo:

Cquote1.png Meu filho, você é um pecador?? Cquote2.png

Pouco importa a resposta, você será torturado.

Cquote1.png Meu filho, você é um pecador!!! Cquote2.png

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ......o ateísmo matou muito mais que a Inquisição???

Se o acusado morria antes de responder afirmativamente, ficava claro que era porque ele era um pecador e não queria admitir a verdade. No entanto, se você coaxar antes, então começavam a torturá-lo mais, geralmente, para o jantar, momento em que era levado para a fogueira, onde o pecador traiçoeiro morria queimado, os cidadãos reunidos em torno, assavam salsichas sob os pés.

O fim[editar]

Cquote1.png Hmmmm... Delícia né? Quer comer? Cquote2.png É uma cilada, Bino! Dentro da maçã tem calmantes e quando você acordar, estarás no inferno!

O término inclui a remoção (física, é claro) do par perdedor (que é anatematizado e queimado vivo na estaca que já foi pré-montada no lado de fora do conjunto). Normalmente é o mais seguido pelo público (e de acordo com as crônicas do Cardeal Cisneros, era um dos favoritos da rainha Isabella).

Quando nenhum dos casais acerta pergunta final (ou há um empate numérico) passa a desenhar um carro inquisitorial marca Torquemada com direção assistida entre o público. O modelo de fabricação é Torquemada Vaticano e está alinhado com selos de tapeçaria e escapulários, dando um valor acrescentado piedosamente. Ele pode ser comprado nos confessionários da diocese e da embaixada do Vaticano.

O casal vencedor receberia um prêmio que consiste em uma grande viagem com todas as despesas pagas para Fátima, Lourdes ou o Vaticano, onde eles têm o privilégio de ser recebido pelo Papa em pessoa para entrar na Grand Final Internacional de la Santa Inquisição em em todo o mundo católico (a espanha venceu a competição em três ocasiões, em 1504, 1509 e 1678, anos em que o apresentador era um espanhol aleatório).

Depois de 1788, Isabel II decide torturar as pessoas até reconhecer que eles eram culpados, era uma forma bastante estúpida, porque se fosse para acabar com a matança, poderia cortar a cabeça desde o início e economizar tempo. Então, decreta que a Inquisição deveria ser dissolvida para sempre.

Hierarquia[editar]

O Poderoso Chefão
Doncs.jpg Forma de nominar o supremo chefão da Inquisição. Nunca se soube quem era ele na verdade, mas os barmans das esquinas dizem que era a pequena e demoníaca Maísa.
O Nem Tão Poderoso Chefão
Clancy-wiggum-sleeping.png Mais conhecido como Tenente de Merda, esse tão poderoso tenente foi Cluthu.fag antes de entrar na Wikinet, ele trabalhou nessa profissão até descobrir que ela era para homens.
Guarda VIP
Polifodao.gif Guarda versão fresco, absolutamente á mesma coisa que qualquer guarda da inquisição, á unica diferença sendo uma armadura mais brilhante e fresca.
Guarda Noob
Guardinha.jpg Se o nome já não deu pra sacar, vamos falar especificamente o que ele é: Um lixo de guarda que só prestava pra ficar parado nos corredores da Inquisição enquanto pagava de macho.

Dez 11 mandamentos da Inquisição Espanhola[editar]

O mandante da porra toda
  1. Não irás dizer que não gostou do casamento, já que ele aconteceu na igreja e se discordar se tá simplesmente fudido!
  2. Não caguetarás que viu o padre transar com a freira.
  3. Não beijarás uma gostosa na boca sem colocar uma camisinha na sua cabeça.
  4. Não matarás alguém com uma cruz no pescoço, pois além de dar um puta azar, ainda deixa Deus ofendido.
  5. Não transarás e dizer na hora do gozo que a camisinha explodiu.
  6. Não xingarás seu chefe gordo de rolha-de-poço.
  7. Não masturbarás um porco tarado.
  8. Não farás bestialidade.
  9. Não colocarás o toque do créu como seu ringtone.
  10. Não se esconderás no banheiro só para ver sua mulher pelada tomando banho.
  11. Não reclamarás do fato de todas as frases acima terem a primeira palavra terminando com 'ás'.

O programa televisivo[editar]

O lado ruim das torturas é que cagava a porra toda, e sobrava para o zelador

Mas não é só isso. A Inquisição é também o nome de um game show popular, que estreou em 1495 (que já tem os seus méritos, porque, então, a televisão ainda não havia sido inventada) para as repetidas tentativas de Frei Tomás de Torquemada para patentear um método de entretenimento para a corte dos Reis Católicos.

Seu sucesso foi memorável em todo o Reino de Castillapedo, e gerou habilidades brutais em Navarra, Portugal e Renato Aragão (até que os britânicos e franceses tentaram copiárselo, mas não podia, porque então inventou o Big Mac, o antecessor do Big Brother presente).

Isabel pegou o dinheiro, e o rei Ferdinand patrocinou quatro anúncios de produtos catalãos que sugeriram Generalitat de Catalunya e do Consell de Cent para impulsionar a economia catalã (naquele tempo em crise por causa da primeira cava boicote).

O roteiro para este concurso, verdadeiramente à frente de seu tempo, foi escrita por St. Sádico, nomeado Grande Inquisidor de Tenerife e Las Palmas de Gran Canaria, em 1490, cinco anos antes do primeiro cabo de antena (que também existe conhecido como San Sadismo, porque este santo era tão extremo que foi julgado e condenado à fogueira por ter um pensamento pecaminoso relacionado à abadessa Irmã Jacinta Torrezno Pantoja, antepassado distante do povo Isabel Pantoja).

Métodos de tortura[editar]

A pior das torturas - escutar One Direction
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...o comunismo come mais criancinhas do que a Inquisição??

Como você já sabe, a Santa Inquisição refere-se a instituições de santos que tinham uma espécie de policiais/psiquiatras que foram responsáveis ​​por torturar os heréticos e loucos para propor algum tipo de investigação científica que não está de acordo com as escrituras, como a Lei de Murphy, a terra é redonda ou que o Michael Jackson ainda está vivo. Para esta arte da tortura, a Inquisição tinha algumas ferramentas modernas e práticas para implementar alguns métodos estranhos, mas eficaz contra os criminosos.

Tortura da água [editar]

Cquote1.png Socorro! Cquote2.png
Cascão sobre Tortura da água

A Tortura da água é torturar a vítima a fazendo beber água potável, que limita o consumo de vinho, cerveja ou qualquer outra bebida decente. Imagine a tortura, ter água para o jantar em vez de um copo de vinho tinto para acompanhar a gororoba, ou quando você vai com seus amigos ver um jogo de futebol, e eles estão bebendo suas cervejas e você bebendo uma água sem gosto. Ainda na parte da manhã, onde você acha que não deve beber nada, a Inquisição teria preparado o seu cereal favorito, mas em vez de leite, sim, apenas pura água limpa do tietê, que pesadelo! A vítima não tem escolha a não ser se render e aceitar suas acusações para que eles possam a queimar em paz.

O garfo dos héreges[editar]

Com essa tortura se corrigia a má postura da cabeça, comum em hereges, bruxas e servos de vilões como o Corcunda de Notre Dame. Colocada de um dispositivo de metal, muito semelhante à forma de uma forquilha abaixo do pescoço de modo que ele é esticado tanto quanto possível. Com o garfo dos hereges, tudo o que a vítima pode fazer é mover a boca para sussurrar seu crime ou contar uma piada, se quiser. Se a pessoa não concorda, ela é passada a outros métodos a uma tortura mais sangrenta.

Sapatos castigadores [editar]

Uma das vantagens - Churrasco de graça

Um dos piores castigos, em que a vítima é forçada a andar com um tipo de sapato ortopédico. Eles foram usados ​​principalmente quando a vítima caminhava como uma bruxa, a melhor maneira de mudar sua estranha marcha herege seria colocar agulhas no calcanhar de modo que ele tenha que andar na ponta dos pés. Mais tarde andou tão bem que até poderia modelar em uma passarela.

Se a pessoa pisa com o calcanhar, sapatos livres serão colados aos seus pés e alguns ferimentos leves sobre eles.

A surra[editar]

Trata-se de, você sabe, meter o cacete na vítima (recomenda-se que com algo que dói, como um chicote). Muitas vezes este tipo de tortura pode ser muito eficaz com os famosos amantes da escravidão, de modo geral, se descobriu que a vítima era um daqueles enviados para uma sessão de cócegas, onde realmente era torturado. A ação é absolutamente necessária, e você não pode sacar sem ela. Lembre-se que Jesus iria querer! Ele foi açoitado ao máximo, e tanto quanto eu gostaria é que alguns outros eram pecadores também fossem açoitados como ele, certo?

A Serração, apesar de ser a mais sanguinária, era a que os Inquisitores menos gostavam, porque a vítima teria que ficar sem roupa, o que eles não gostavam de ver pois era uma total vulgaridade aos olhos de Deus

Como dissemos, chicoteadas, em alguns casos raros, sadomasoquismo, então o método não é muito usado, que hoje pouco ou nenhum funcionário a usa para punir um crime legal ou religioso. Não há melhor maneira de erradicar um feiticeiro com chicotes.

Tortura de tartarugas[editar]

Não existe nenhuma tartaruga, embora se a vítima insistir em ter uma, ela é livre pra isso. É remover seu índice do mal, geralmente localizados nos rins, forçar muitas pedras a colocar peso suficiente no corpo do herege. Ele foi o uso famoso no salem da caça às bruxas, onde uma agricultora foi erradicada como bruxa. Pedras pesadas terminou o corpo que lhe deu bruxaria ... e também regula os líquidos (sem coração!), de modo que ele morreu.

Instrumentos de tortura[editar]

Enquanto aguardavam o julgamento, muitos condenados se suicidavam na prisão, por chegarem lá e darem de cara com uma criatura como essa
  • Serração - Foi o método mais divertido de execução. Era macabro e sem fim. Geralmente aplicada aos que cagaram defecaram na rua, praticavam a sodomia e os gêmeos que se juntaram no torso (pecado grave). Eles foram colocados de cabeça para baixo para não morrer de hemorragia, não que eles fossem pessoas más, mas também foi garantido que o sangue permanecera no cérebro e o corte estara completamente lúcido, até que eram cortados ao meio e, em seguida, eles mesmos tentavam costurar com agulha e linha. Fatal em 75% dos casos e com a experiência que uma vez tentaram executar uma ameba acusada de heresia, para dividi-la em duas exatamente iguais, cada executor cortava de um lado e assim algebricamente dividido em 4, 8, 16, 32, até que foi decidido apenas excomungar-la e deixá-la ir.
  • A pêra oral, vaginal, rectal - Também chamado de "vibrador que não vibra", consistia de uma coisa grande sendo introduzida no cu, buceta ou boca, até que não é coisa boa, o problema é que ele tem um botão que gira a essa coisa, que vai abrir até 60 centímetros de circunferência ainda dentro do buraco, que foi usado, se não pode se machucar. Isto é punir esposas infiéis, maridos infiéis e que não pagam seus impostos em dia. Atualmente, ela mudou sua forma de torná-la menos acentuada, com um vibrador que vibra e que pode ser encontrado no Mercado Livre.
  • A roda que rasga - Se coloca a vítima em uma roda que rolou para esticar seu corpo o máximo possível. Com isso, a pessoa deixaria sua estatura herege ou quantas irian acabar com alguns ossos quebrados.
  • Balanço malvado - Consistia em colocar a vítima em um balanço no corpo inteiro, dando uma jornada sem fim. A pessoa acabava ficando tonta, ou poderia começar a ter más recordações de infância, quando as outras crianças mais velhas que a colocaram em balanço contra a sua vontade.
  • Dama-de-ferro - A dama-de-ferro é um método de tortura que é a cara do Darth Vader. Trata-se de um belo sarcófago em forma de mulher maquiada, por fora parecia boa e confortável o suficiente, mas por dentro estava cheia de picos e quando a tampa era fechada, o piercing doloroso esquartejava quem estava dentro. Mas a Inquisição não foi tão ruim e não colocou spikes em que eram lugares vitais, como o coração ou o fígado, mas tinham em lugares não muito confortáveis. Assim, a vítima poderia passar dias e dias trancadas até você deixar de ir quando você acabou de tirar sangue cansado ou os gritos, o que aconteceu pela primeira vez.
  • A cadeira de interrogatório - Este método enche-linguiça consistia de se colocar uma pessoa sentada em uma cadeira e fazer perguntas sem qualquer sentido. A princípio, poderia ser divertido dizer coisas como "Ei, garoto, você sabe que sua mina deu pra metade do país...", então você pode sentir cócegas dando um resultado completamente maquiavélico. A vítima não terá outra escolha senão confessar todos os seus crimes ao longo de sua vida, e você vai rir de tudo o que você vai saber o seu destino. Para isso, se deve ter uma compreensão clara de Psicanálise e qualquer possibilidade de psicologia. Você é encorajado a usar técnicas comportamentais, como dar um biscoito de cachorro ou um pedaço de queijo, se prosperar com o interrogatório.
  • O Garfo - É o instrumento que irá impedir a passagem para as vias aéreas, levando a pessoa a morrer de câncer no pé.
  • O esmagamento de polegares - Se há algo que distingue os humanos dos animais são os polegares. Eles são a segunda parte mais importante do corpo depois do órgão sexual, porque sem os polegares, não poderíamos realizar as atividades que estamos habituados a fazer, como usar o computador, jogar videogame e bater punheta. Segurar um objeto seria muito difícil, e poderia despertar a provocação impiedosa de seus colegas de trabalho, amigos e, obviamente, sua mãe e sua avó. Com o esmagamento de polegares, como você deve ter descoberto, os polegares são esmagados. O que faz com que seja impossível para a pessoa ser capaz de jogar alguns esportes. Por exemplo, a luta de polegares.
  • Cosquinhas - Provavelmente o mais maligno de todos os métodos de tortura já nomeados. Este método não é aprovado em qualquer religião ou culto terrorista, portanto, é extremamente perigoso e maquiavélico. Ela envolve basicamente fazer cócegas na vítima sem parar para que ela confesse todos os seus crimes ou apenas morra de rir.
  • A obrigar a comer comida de escola - Um dos mais cruéis e desumanos, praticado por cozinheiros em cantinas escolares.
  • Ver Zorra Total - Esta é talvez uma das formas mais perversas de tortura já inventada. Pior do que assistir duas temporadas consecutivas de qualquer série de comédia brasileira.

Ver também[editar]