Guia Suicida

De Wikimerda
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é parte do Livros que você não pode ler, a sua biblioteca cheia de livros interessantes.

Escravo brs.jpg

Guia suicida é uma tortura do nível demônio sem coração!

Então é melhor não vandalizar, senão você vai ser posto na cadeira elétrica!!!.

Esse será você depois de ler o guia.

Cquote1.png Meu sonho realizado! Cquote2.png
Masoquista sobre esse incrível livro
Cquote1.png De brinde, uma faca bem afiada! Cquote2.png
Polishop sobre Guia Suicida
Cquote1.png Depois de ser xingado pelo meu chefe pela 10000 vez, isso é útil! Cquote2.png
Você sobre Guia Suicida

Você aí! Sim, você, que está lendo essas palavras nesse momento! Você foi despedido pelo chefe e então ridicularizado por toda a empresa no Facebook? Você anda sendo xingado pela sua mulher só por ter chegado 0,00000000000000001 segundo mais tarde que o normal? Descobriu que aquela garota gostosa que você transou a noite inteira está grávida? Ou até mesmo que todo o planeta está te perseguindo já que você tem mais de 8000 dividas com lojistas por aí? Então você tem que aprender a arte de se matar, para assim resolver todos os problemas acima! E não á melhor jeito de aprender sobre matar se não lendo esse guia suicida!

Conseguindo coragem[editar]

Ok, antes mesmo de começarmos o suicídio geral, você precisar de algo mais importante do que dinheiro, fama ou vadias para o suicídio: Coragem. A coragem não se consegue lendo um livro na biblioteca, a não ser que esse livro seja daqueles de autoajuda que te fazem dormir em alguns segundos, mas tirando esses todos os livros vão ser inúteis para o suicídio. Comece olhando pra si mesmo no espelho. Se ele não quebrar, fique se achando enquanto olha para as insignificantes coisas que você é bom em fazer. Está um pouco mais confiante? Foda-se Ótimo! Vamos continuar!

Na frente do espelho, tudo se melhora!

Ande até uma colina bem alta, e anuncie: "Eu vou me matar hoje, como um homem!" Desde que eles não te achem que está louco e chamem o hospício, continue: Meus caros companheiros, eu estou aqui, com esta frase roubada do Lula, para lhes avisar que vou me libertar do plano humano, para viver uma vida junto de Deus, feliz com minha felicidade grande num mundo ainda maior! Pode acontecer duas coisas depois disso: Ou as pessoas que estiverem por ali vão te aplaudir e jogar flores em você, ou alguém vai te empurrar com muita força. Com você muito confiante, vamos para o próximo passo!

Fazendo seu testamento[editar]

O testamento é a segunda coisa mais importante do suicídio atrás da morte. Porque? Você quer que suas coisas sejam dadas para aqueles parentes filhos da puta que você só via quando dava um churrasco e eles davam o fora justo quando acabava a cerveja? Não, por isso você tem que escrever um testamento avisando para quem vai ficar cada coisa sua. Por exemplo, você escreve que seu videogame vai ficar para um amigo de infância que sempre te emprestava um God of War para passar a tarde jogando. Ou então seu computador vai ficar para aquele amigo nerd que sempre passava cola nas provas.

Só não pode escrever o testamento assim!

Quando todos os nomes estiverem no lugar certo, escreva uma assinatura, para dar efeito dramático escreva ela como se estivesse bêbado, com letras retorcidas e fazendo parecer que foi um médico que escreveu aquilo. Deixe o testamento em um lugar que todos possam ver. Exemplos podem ser a varanda da sua casa, o balcão de um bar que você adora ir para encher a cara, ou para matar sua mãe do coração, deixe em cima da cama dela, pra quando ela for dormir, levar um puta de um susto. Terminamos o segundo capítulo, e agora começa a parte divertida!

Torturas[editar]

Para você ficar mais preparado para a hora da morte, você deve passar por uma das torturas abaixo, assim, suas chances de se borrar na hora H são bem menores e o perigo de sobreviver e ficar paraplégico no processo são mínimos! Não fique com medo, não vai doer...muito.

A do foguinho[editar]

Só quem é paranaue vai manjar dessa malandragem!

Para os fumantes, essa tortura vai ser de custo mínimo devido ao número de isqueiros que você deve ter em mão. Empilhe vários pedaços de madeira, um em cima do outro, até que se forme uma montanha de galhos, trocos e cabanas de pesqueiros. Taque fogo na pilha de madeira e vá jogando gasolina. Espere o fogo ficar grande pra cacete, tipo uns 10 metros, e sente sua bunda em cima dele. Leve um livro se quiser para fazer passar o tempo, só tome cuidado para não derruba-lo. Após 10 minutos, CORRA, e procure um extintor para apagar o fogo, ou o seu suicidio épico vai acabar mais cedo do que o planejado...

No passado, pra ir para o foguinho, você só precisava ser macumbeiro, aliás, se você espirasse você seria considerado macumbeiro. Isso tudo era porque na época a comida não era muito boa, então condenavam qualquer pessoa de macumbeiro para ser cozido enquanto o povo assistia o preparo na praça central da cidade com uma faquinha ou qualquer coisa que pudesse cortar na mão esperando a hora do macumbeiro ficar no ponto.

Náusea no brinquedo[editar]

Parques de diversões são ótimos não é? Pois agora eles vão ser o lugar de uma das piores torturas do mundo. Procure um desses brinquedos que giram os outros no ar como retardados, entre escondido na configuração dele enquanto ele estiver parado e deixe a velocidade no máximo. Pule rápido no carrinho antes que alguém te pare e...bem...tente não esgurmitar seu almoço, café da manhã e lanche da tarde enquanto sobrevive ao ser jogado no ar em uma velocidade de 300 km/h. Ah, e verifique se o carrinho está com o cinto bem preso, ou você terá uma emocionante viagem aérea para a puta que o pariu.

Avestruz sabendo que a tortura dele foi plagiada

Estilo avestruz[editar]

Uma tortura descendente dos avestruzes, e também uma das torturas que vão te fazer pagar bastante mico no mundo. Você vai ter que encontrar um parque que esteja cheio de grama, o que é difícil com o ser humano confundindo o chão com uma lixeira. Se posicione para a camada de terra, encarando ela como um inimigo mortal, e penetre sua cabeça nela. Veja também ao fazer isso se não acaba fazendo a cagada de meter a cabeça em um formigueiro, porque cara se você fez isso, sua morte foi antecipada. Retire a cabeça, e receba milhares de risadas pelas pessoas perto de você, ou não, elas podem ter humor Zorra Total...

Suicídios[editar]

É agora ou nunca! Mostre que é macho pra se suicidar!

It's Suicide Time!!! Esqueça tudo o que falamos lá em cima, pegue tudo o que você tem de masculinidade, coragem, força ninja e badassidade e escolha qual dos super efetivos e famosos suicidios você vai fazer. Só não se esqueça que você só tem uma oportunidade, This opportunity comes once in a lifetime e se você falhar...bem, aproveite sua vida como um paraplégico surdo-mudo!

Com faca[editar]

O suicídio mais barato e simples que tem se você for pé-rapado e tem que pedir dinheiro até para comprar uma passagem de ônibus. Pegue uma faca que fica numa gaveta da sua faca, segure ela com a ponta apontada para você, e vá enfiando na cabeça até ela explodir. Vai doer no começo, mas logo seu cérebro estará tão estourado que você nem vai conseguir se sentir penetrado, aliás, você talvez nem consiga mais enfiar a faca e já esteja indo pro inferno. Qual o perigo? De você na hora de enfiar a faca, errar, ela cair no seu pé e você sair que nem um idiota com o pé machucado na rua pedindo ajuda!

Com metralhadora[editar]

Vá numa loja de armas, com bastante grana, e compre uma metralhadora. Se o dono da loja pedir documentos e blá blá blá, compre no tráfico mesmo, mas você vai precisar de sorte para não te roubarem enquanto sobe o morro pra chegar lá. Fique em um lugar bem aberto, e mande outra pessoa atirar com a metralhadora em você. Se ela negar, diga que você mesmo usará a metralhadora, só que nesse caso vai ser nele. Em seguida, olhe seu corpo ser atingido pelas balas, e fazendo furos o bastante pra escorrer toda a água do seu corpo. Qual o perigo? O cara errar os tiros e acabar atingindo um guarda ou tanque de guerra no processo.

Espancamento as vezes vira treta, e treta as vezes vira suruba!

Com espancamento[editar]

Entre num beco de noite sem lanterna, desarmado e com uma placa escrita: Me mate! Vá andando até achar alguns bêbados, e xingue eles de viados, arrombados, lambedores de pau e etc. Eles vão atacar você, se não fizerem isso, use a técnica do soco para iniciar uma briga. Você vai ser tão chutado, socado e espancado que no fim os bêbados vão te pendurar de cabeça pra baixo e vão bater em você com um cabo de vassoura, te matando! Qual o perigo? Dos caras estarem tão bêbados que vão te ignorar e ainda por cima vomitar em você.

É uma queda bem vertiginosa, mas é bem educativo!

Com o pulo do prédio[editar]

Muito praticada por suicidas de carteirinha, esse suicídio proporciona uma grande diversão para toda a família. Use um elevador ou escada para chegar ao alto de um prédio, recomendamos escadas para assim ninguém te seguir e acabar com o grande espetáculo que as pessoas lá em baixo vão ter. Lá no topo, tome bastante fôlego, e na coisa mais dura lá de baixo, por exemplo uma estátua feita de ferro maciço e pule, sempre mirando na coisa que você quer atingir. No fim, você vai ter que pagar uma multa infinita pelos anos causados, mas terá feito o suicídio! Qual o perigo? De você cair sem querer num caminhão de colchões.

O suicídio supremo[editar]

Esse suicídio é simplesmente só para os fortes e para deuses perfeitos, então esteja preparado para entrar no inferno! Pegue um carro, insira 50 bananas de dinamite nele, acenda todos, coloque o carro em uma avenida, e mande um amigo seu posicionar uma rampa gigante pra te jogar no ar. Ligue o carro, e vá com tudo com os dinamites acesos na rampa. Enquanto estiver no ar coloque gasolina por todo o carro e acenda um isqueiro. Quando cair no chão, a explosão vai destruir o bairro inteiro e seu suicídio será lembrado por séculos! Qual o perigo? O carro travar na hora H e você ficar parado que nem um idiota dentro do carro...

Morreu...[editar]

Está tudo escuro. Mais escuro do que o preto. E então, no meio de toda essa escuridão, aparece uma luz flutuando. Você anda até a luz, e descobre que ela é a entrada para dos dois locais abaixo. A partir de agora, não tem volta, dependendo se você é onanista, matou sua sogra e vendeu os restos no Mercado Livre ou não, você vai pro inferno ou pro céu!

Seja bem-vindo ao céu! Se divirta e pague a taxa de 100 reais

Céu[editar]

Tudo se ilumina, você vê alguns anjos pelados por cima da sua cabeça, e se toca que está no céu (Aposto que falsificou os documentos!). O São Pedro vai te cumprimentar, e vai dizer que é pra você esperar em uma cadeira do lado dele. Depois de você ouvir a frase só mais um minutinho! pela oitava vez, ele diz que já verificou todos seus documentos e que você pode entrar. Agora que está no céu, você tem algumas opções, entre elas: Você pode se embebedar no bar do céu, no qual você nunca fica bêbado quando bebe, visitar sua tatatatataravó que você nunca pode ver em vida, ou jogar The Sims junto de Deus!

Inferno[editar]

Se chegou aqui, é porque você matou alguém na sua vida, é Wikinetfag, botou fogo na casa dos seus avós e etc. Você tem que esperar numa fila gigante até que te atendam, até lá já vai ser 8299, e o capeta vai dizer que você pode entrar a vontade e que no inferno não tem regras e etc. Você fica todo feliz, até descobrir que tem viados por todos os lados, os bandidos podem te assaltar a vontade e você tem que viver dentro de um caldeirão fervendo. Você só tem essas opções: Aguentar ser bulinado por toda a eternidade, se juntar na farra com os outros bandidos ou dar a bunda pro capeta todo dia em troca de proteção.

Ver também[editar]