Morte por mil cortes

De Wikimerda
Ir para: navegação, pesquisa
Escravo brs.jpg

Morte por mil cortes é uma tortura do nível demônio sem coração!

Então é melhor não vandalizar, senão você vai ser posto na cadeira elétrica!!!.


Wikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Morte por mil cortes.


DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...

Cquote1.png Vrooooommmmm! Cquote2.png
Leatherface preparando a motosserra.
Cquote1.png Mil cortes? Será que dói? Cquote2.png
Você sobre esse método de execução.
Cquote1.png Seiscentos e quarenta e... E... Perdi a conta, começamos de novo! Cquote2.png
Torturador perdendo a conta durante a execução.
Cquote1.png NÃÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOOOO!!!!!!! Cquote2.png
Torturado sobre citação acima.
Cquote1.png Meu combo triângulo, triângulo, quadrado mata qualquer um com mil cortes Cquote2.png
Kratos sobre morte por mil cortes.

O que é?[editar]

O instrumento mortal

Morte por mil cortes é uma pena de morte bem antiga, mais velha que a tua avó mas não tanto quanto a Dercy Gonçalves. Criada pelo rei Midas, o nome dessa pena de morte não faz o minimo de sentido, já que quando a vítima recebia a pena de morte, ela só levava umas 10 facadas de açougueiro e já tinha seu corpo queimado. A teoria do porque do nome é que o pessoal da Idade Média não sabia contar, aliás, eles mau sabiam o que era um número.

A técnica foi criada na China medieval, quando o espiritismo era a religião do Estado e perseguia todas as outras, tais como o pastafarismo. Durante esse período de repressão muitos foram mortos fatiados por esse método de execução usado, na época, em escala industrial na China da época. Milhares de pessoas chineses foram assassinados fria e cruelmente dessa forma pelo governo do ditador FHC. Isso ocorria em praça pública, em filas colossais, nas horas do almoço. Mas certo dia o povo se rebelou e depôs o ditador, elegendo um democrata para o poder, o incrível Mao Tsé Tung.

Com uma daquelas faquinhas cegas de plástico, aquelas que se quebram quando você tenta comer o bolo de aniversário da festinha da sua prima pirralha, com tais instrumentos o torturador passa a retalhar em diversos pontos do corpo do acusado, previamente condenado sem qualquer julgamento. A pessoa é cortada em diversos pontos mil vezes e morre de hemorragia.

O processo[editar]

Vamos lá, já fiz isso com umas 28956246 pessoas!

A pena de morte começa com o condenado capturado, incapacitado, e julgado sem piedade como alguém culpado pelo juíz que recebeu propina do carrasco. O zé condenado é carregado em um daqueles sacos do Homem do Saco até uma colina no meio do nada, onde os guardas arrumam um pedaço de pau gigante para prender a vítima nele. Com o pau arrumado, eles pegam uma corda e amarram bem devagar a vítima no pedaço de pau com a corda caindo aos pedaços, enquanto fazem caras de vilão de filme de terror para esconder o fetiche de bondage e maiderofilia que eles tem.

Os guardas vão buscar as faquinhas de manteiga, vão fazer aquela carinha de bad boy pra esconder a viadagem novamete e vão começar a cortar o zé com as faquinhas. Eles vão fazer isso de novo, e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo e de novo durante uns anos até que ele esteja totalmente desmembrado, pra depois manderem por sedex para a casa do caralho.

Para sobreviver a isso, você precisa de muita grana mesmo. Se não tiver o dinheiro necessário, roube o banco mais próximo de você. Não se preocupe, iremos esperar 10 anos se for necessário, que será o tempo que vai levar até você conseguir roubar algo... já arranjou o dinheiro? Então, como dizia, use todo aquele dinheiro que conseguiu em uma roupa feita de ferro, mas pelo amor de Deus, não compre um cosplay do Homem de Ferro! Em seguida, compre também um escudo de energia mágico, encontrado no tráfico de favelas em geral.

Chame um miguxo seu, e peça para que ele faça uma morte por mil cortes proposital em você, vista sua roupa de ferro (reze para que ela caiba e não estoure conforme você a coloque) e enfie seu escudo mágico por baixo da roupa de ferro, novamente reze para que a roupa não estoure em centenas de pedaços. Avise o seu miguxo quando estiver pronto para a porradaria e veja a sua nova proteção te deixar mais seguro que o escudo da Polishop! Ou não, a proteção pode não ter sido tão boa assim e você foi cortado em pedaços de carne, mas pense bem: Agora seu miguxo poderá alimentar a sua cachorrinha frufru!

Prêmios que recebeu[editar]

  • Prêmio de tortura com o maior nome do século (Depois de um tempo, esse prêmio se tornou o de maior nome do milênio)
  • Prêmio de tortura mais criativa do dia[1]
  • Prêmio de tortura mais ultrapassada do mês
  • Prêmio de tortura menos doida para os gays
  • Prêmio abacaxi: Tortura que mais machuca a sua bunda de um jeito parecido da sua mãe
  • Prêmio de tortura com monitônia do milênio
  • Prêmio de tortura mais chocante[2]
  • Prêmio de tortura menos chocante[3]
  • Prêmio de tortura mais dolorosa[4]

Eu não entendi a referência!

  1. Ignorando o fato dela ser uma versão genérica do desmembramento
  2. Ignorando todas as outras
  3. Ignorando a morte a colheradas
  4. Ignorando o Empalamento

Ver também[editar]