O Albergue

De Wikimerda
Ir para navegação Ir para pesquisar
Monte everest.jpg O Albergue é um filme, seja lá se ele é indie, de hollywood ou da Terra do Titio Sam!
E tem 99% de chance de conter o mocinho, a gostosa, e o vilão!
Cartazes filme porno 03.jpg




Predefinição:Wikipedia

Hostel
[[Imagem:|200px]]
{{{caption}}}
Diretor Chris McLean
Elenco As máfias mundiais
Lançamento Não lembro
Gênero(s) Terror, Drama, Suspense
Produtora MTV
Idioma Miguxês
Duração 93 minutos
Exibição Exibida

Cquote1.png Foi onde eu aprendi a ser o que eu sou hoje Cquote2.png
Professor do ITA sobre O Albergue
Cquote1.png É uma cilada, Bino! Cquote2.png
Pedro sobre O Albergue
Cquote1.png Esses jovens intrépidos vão aprontar poucas e boas para escapar desses vilões da pesada, aprontando as maiores confusões! Cquote2.png
Narrador da Sessão da Tarde sobre O Albergue
Cquote1.png É um filme xenófobo ao extremo e reflete como poucos o espírito republicano de Cuba, atualmente. É como se sua coleção de imagens escatológicas fosse perdoada pela mensagem conservadora subliminar que efetivamente o filme carrega. Cquote2.png
Oscar Wilde sobre o Albergue
Cquote1.png Bem, eu não gofto muito de comentar fobre effe filme. Me deifa com arrepiof ao lembrar de uma fituafão femelhante no paffado. Cquote2.png
Lula sobre dedo perdido em um lugar semelhante ao Albergue
Cquote1.png Melhor do que 3 Guys 1 Hammer Cquote2.png
Todo Mundo sobre O Albergue

O Albergue (em inglês: Hostel, que significa Zona Endiabrada) é um filme que tentou botar medo em seus telespectadores fazendo cenas de tortura sexual com psicopatas metidos á galã e que prometia ser diferente dos demais filmes do gênero, ou seja: colocando gostosas, que na verdade não passam de monstros demoníacos from hell. O filme foi desenvolvido por Harry Potter antes de ficar famoso. A inspiração veio de quando ele escorregou e bateu a cabeça numa privada cheia de merda, merda na qual virou o roteiro do filme.

Sinopse do Albergue[editar]

Yoko Ono interpretou Kana, ou seja, se você disser que ela acabou com os Beatles, você vai em kana.

Tudo começa com dois emos que se pagam de corajosos chamados Paxton e Josh, que são dois namorados indo viajar pra Europa para realizar a lua-de-mel. Durante essa viadagem viagem, eles conhecem um macumbeiro chamado Oi Olhaaaa Oli, que decide acompanha-los por ser um fracassado sem amigos que foi expulso da zona masculina.

Um outro idiota qualquer cujo nome nem é mencionado no filme influencia eles á irem para um Albergue aleatório em uma cidade desconhecida da União Soviética, como eles são leitores da Desciclopédia e sonham em conhecer a Reversal Russa, eles vão pra lá. Chegando no Albergue, algumas vadias dizem pra eles que lá dentre existem muitas mais delas para eles fazerem o que quiser com elas, como brincar de médico. Não vendo que essa promessa é uma cilada, Bino!, os dois decidem ficar um pouco no Albergue com a esperança de perderem a virgindade.

Quando chega a noite, eles descobrem que o lugar na verdade é cheio de Teletubbies endiabrados em busca por alma e sangue, e tentam sair com a cabeça no lugar, mas escorregam e preferem sair com a cabeça em outro lugar.

Produção do Albergue[editar]

Pensando bem, o filme não é tão ruim assim...

Durante a criação do filme, o diretor 'Dr. Botelho Pinto, ficou com pena de vários noobs que sonhavam em se tornar a Grai Massafera, mas nenhum estúdio queria contratá-los por razões óbvias[1]. Por isso, ele pegou as pessoas com o menor cérebro possível que queriam se tornar atores e deu esses papéis falidos á eles. Pro monstro, ele contrataria Gretchen, até ser avisado que o assistente que foi até a casa de Gretchen tomou um puta susto e teve um ataque cardíaco que resultou em morte imediata, então sobrou a si mesmo interpretar o papel, já as mocréias tiveram as caras manipuladas no Paint do Windows 95

No começo as cenas foram simples, já que eram apenas cenas de pornô bizarro entre os dois personagens principais. A merda foi quando os Teletubbies satânicos apareceram, que foram interpretados por duas chinchilas com fogo do rabo, que depois se descobriu que eram as chinchilas de estimação de Regan McNeil. Como eles não queriam obedecer, o diretor teve que matá-las, mas estavam possessas e 30 segundos depois o mutilaram (É você, Satanás?). Ele contratou o titirica, porque todo filme produzido em países anglófonos precisa ter um abestadó. O filme ficou o melhor que poderia ficar: uma merda, o que não é novidade, e o filme foi finalmente lançado.

A coisa que mais chama atenção do filme é que não tem só um monstro, e sim, vários capetas sedentos pela alma dos três emos que protagonizam filme. Esses capetas, apelidados de Gremilins versão 2.0 são os Maníacos de Dnepropetrovsk, inclusive, após nascer, o filhote de Gremilin recebeu uma palmada na bunda por causa disso, fato que virou tradição humana. Como é observado durante o filme, eles são também bastante rápidos e SEMPRE estão armados com faquinhas de cozinha, isso quando eles não estão usando palitos de dente. já viu alguém que faz isso???

Elenco do Albergue[editar]

Personagem Ator
Paxton Justin Timberlake
Josh Justin Bieber Pai
Óli Seu Tio Engraçadão
Natalya Tua irmã
O empresário alemão Teu avô pagando de Indiana Jones
Svetlana Sasha Meneghel
Kana Yoko Ono
Alex Hélio dos Passos

Sequência do Albergue[editar]

Confesse, foi pra ver isso que você foi ver o filme (isso se viu).

Como o filme foi uma merda, foi criada uma parte 2 pra ver se o prejuízo não é recuperado, até que ele gerou menos prejuízo por cenas de sexo lésbico entre as três personagens principais, mas mesmo assim, fracassou.

Filmado em Aral, província russa, O Albergue - Parte II conta a história de três jovens micareteiras brasileiras que estudam em Cuba e saem para uma viagem de final de semana para se divertir. Elas, no entanto, encontram uma realidade bem amarga: o bem-sucedido e aborrecido executivo Todd, interpretado por Severino, que tem a mórbida necessidade de extrair fígados para outros ex-micareteiros voltarem a curtir um Chiclete com Banana. Para isso, contrata uma agência que lhe oferece belas mulheres como possíveis vítimas.

Lango, sobrevivente da primeira versão, também participa de O Albergue - Parte II. Seu papel, no entanto, é mantido em segredo. Cquote1.png Ele aparecerá sem o couro cabeludo [risos]. Não vou contar mais nada Cquote2.png, diz o diretor.

A mãe da Angelina Jolie também participou do filme...

Nos bastidores, as pequenas e sinistras salas de filmagens do complexo Emoschwitz, usado por Adolf Hitler para fazer comerciais de propaganda da Coca-Cola durante a Segunda Guerra Mundial, lembravam um calabouço medieval. Perversos instrumentos de tortura, corpos humanos dilacerados e muito, muito "sangue" decoravam o set. Num imponente carrinho de bebê, indefesas vítimas sofrem uma indescritível dor. Os bons atores fazem as cenas de tortura parecerem tão reais. Dá impressão de que eles estão mesmo sentindo dor, muita dor.

Curiosidades curiosas do Albergue[editar]

  • O Albergue foi escrito, produzido, rodado e lançado nos cinemas em apenas 13 dias. Trata-se de um período 29 vezes mais rápido que a média das produções feitas em Hollywood.
  • Em O Albergue, nove línguas diferentes são ditas, sem que haja qualquer legenda. Trata-se do filme americano com o maior número de línguas diferentes sem ter legenda devido à sérias restrições orçamentárias.
  • O personagem Lango foi escrito especialmente para o próprio Lango. O diretor conheceu o ator em meio à divulgação de Cabana do Inferno na Islândia, tendo prometido na época que o colocaria em um filme algum dia.
  • Mais de 666 galões de sangue foram usados durante as filmagens. Trata-se de aproximadamente 3 vezes mais sangue que 3 Guys 1 Hammer.
  • O diretor contratou verdadeiros traficantes de rua para interpretar os integrantes da Bubble Gum Gang.
  • O filme, além de não ter gerado lucro, perdeu mais ainda com trocentos processos por fazer os nativos parecessem maníacos por sexo e drogados através do personagem Lango. Ou seja, podemos dizer que o filme foi bem sucedido.
  • O orçamento de O Albergue foi de R$ 759,65 e mais 14 caixas de chiclete Big Big.
  • Já o lucro foi de 5 reau pa fazê caridade.

A gente fala merda mas comprova o que fala!

  1. Os donos dos tais estúdios são illuminatis e atores deste tipo não faria lavagem cerebral aos telespectadores

Ver também[editar]