Sexo oral

De Wikimerda
Ir para: navegação, pesquisa
Apenas uma imagem "inocente" para ilustrar o artigo.

Sexo oral é uma prática asquerosa que consiste em utilizar a boca para chupar ou lamber órgãos genitais de seres humanos (ou até de animais, se o praticante for um doente mental). À vista pode parecer demasiado nojento, mas os adoradores dessa prática garantem que é uma maravilha. Quase todos os casais aderem a essa prática.

Não se sabe muito bem a origem do sexo oral, mas historiadores afirmam que homens da caverna chupavam xoxotas virgens para terem sorte na caça, e mulheres eram obrigadas a chupar pirocas dos homens do grupo para serem purificadas. Mulheres e gays usam a boca para chupar o pênis do parceiro e fazê-lo subir, e os homens simplesmente lambem as xoxotas de suas mulheres para somente agradar - visto que o que prevalece nesse meio é a reciprocidade.

Sexo oral não se restringe somente a "chupação" de pirocas e xoxotas, também se inclui aqui a chupação de bolas e cus (ou ânus). O primeiro, apesar de ser menos nojento, não é tão popular quanto o segundo (esse sim o pior), mas o expert no assunto, Chico Bioca, alega que a chupação de cus é totalmente saudável e não traz nenhum risco à saúde dos praticantes.

Uma prática peculiar da qual surgem doenças escrotas como herpes, HPV, gonorreia, sífilis, etc. Muitos não estão nem aí, mas outros simplesmente optam por utilizar preservativos, um modo não muito eficaz de se proteger de DSTs (doenças sexualmente transmissíveis).

Ver também[editar]