卐 Dritten Reich Frieden, Liebe und Krieg 卍

De Wikimerda
Ir para navegação Ir para pesquisar


614953 427117500680315 1723823785 o.jpg
Ratzss.jpg
Aviso importante. O artigo abaixo contém piadas nazistas

O texto tem largo teor Emo-Nazi, portanto tem doentio complexo de inferioridade inferido em seu discurso de superioridade ariana, segundo as teorias dos racistas Chamberlain e Moulton


Os Carecas do ABC monitoram esse artigo

Hammer sickle clean2.png
Nazi.jpg
Esse artigo fala sobre opressão e dentadura ditadura!

Você DEVE aceitar o que tá escrito aqui SEM duvidar de nada. Não gostou? CALE-SE ou correrás o risco de sumir misteriosamente.

Josef Stalin e Adolf Hitler vigiam esse artigo!!!

República Democrática Popular da Alemanha
União das Repúblicas Arianas Alemãs
Suaziland
Bandeira do Terceiro Reich Brasão de Armas do Terceiro Reich
Bandeira Brasão
Lema: "HAIL LENIN"
Gentílico: Nazista
Hino:
"Queima judeuzinho"
Capital Blumenau (geral)
Berlim (em tese)
Baviera
Idiomas Nazês(?)
Nein!
Alemão
Russo
Governo Nacional Socialismo
Führer Adolf Hitler
Vice-Führer Josef Mengele
Ministro Joseph Goebbels
Gerentes Josef Stalin
Benito Mussolini
Che Guevara
Mao Tse-Tung
Kim II Sung
Heróis Nacionais Adolf Hitler
Joseph Goebbels
Josef Mengele
Josef Stalin
Heinrich Himmler
Klaus Barbie
Joachim von Ribbentrop
Hjalmar Schacht
Vladimir Lenin
Leon Trotsky
Karl Marx
Independência ?
Moeda 1 centavo e meio
Reichsmark
Religião Nazismo
Arianismo
Ateísmo
Macumba
População 81,89 milhôes de arianos
IDH 0.666
TLD .hitler
Código telefônico 24
Site do governo metapedia.org

Predefinição:Cgoogle Cquote1.png O Terceiro Reich durará 1000 anos Cquote2.png
CartaCapital sobre Terceiro Reich
Cquote1.png Hum shim Hom Hrum Schuaëmn shum sheom hockëjum Cquote2.png
Hitler sobre Terceiro Reich
Cquote1.png Vocês causam muitos problemas Cquote2.png
Josef Stalin sobre Terceiro Reich
Cquote1.png Fogo! Cquote2.png
General dos aliados invadindo o Terceiro Reich
Cquote1.png Ó pátria amada, idolatrada, salve salve! Cquote2.png
Skinhead sobre Terceiro Reich
Cquote1.png Era uma nação gloriosa, popular e veemente idolatrada. Cquote2.png
Metapédia sobre Terceiro Reich
Cquote1.png Vão se foder. Odiamos vocês. Mas se quiserem comprar o Zyklon de nós, estamos aí Cquote2.png
Israel sobre Terceiro Reich
Cquote1.png Own3d Cquote2.png
União Soviética sobre Terceiro Reich
Cquote1.png Own3d Cquote2.png
Estados Unidos sobre Terceiro Reich
Cquote1.png Own3d Cquote2.png
Inglaterra sobre Terceiro Reich
Cquote1.png É, não deu certo Cquote2.png
Getúlio Vargas sobre trazer o Terceiro Reich pro Brasil

Nazi swastika clean.svg

O Terceiro Reich Paz, Amor e Guerra (em alemão: Hippiedeutsches Freundschaftreich, também conhecido como Suaziland) foi o estado mais pacífico, amoroso e amistoso que já existiu na Terra. Se situa ao norte de toda a África, ao sul de toda a Escandinávia, ao oeste de todos os Estados Unidos da América e ao leste de toda a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas. Foi a época em que a Alemanha era liderada pelo guru; benigno Adolf Hitler e a ideologia hippie do Nazismo. O Terceiro Reich foi um projeto realizado por filantropos alemães que tentavam criar uma nação de felicidade, bem-estar, prosperidade, coragem e genocídio. O Terceiro Reich era dividido administrativa e politicamente em Subdivisões Territoriais Continentais (STC), Subdivisões Territoriais Oceânicas (STO) e Subdivisões Territoriais Especiais (STE), todas com níveis diferentes. Apesar de não ser tão populoso como outros países até porquê Hitler matou geral, o Terceiro Recih possuía uma grande densidade demográfica, tendo quase a totalidade do território povoada.

O Terceiro Reich foi o único momento da história mundial em que a Alemanha sozinha conseguiu fazer a França e a Inglaterra se espantarem sériamente, desde que Hitler lançou, com a ajuda de fabricantes de latas de gás e fabricantes de armamentos, um projeto de construção de submarinos e foguetes piratas para serem usados contra simpáticas cidades inglesas. Os moradores pacíficos e pianistas poloneses foram testemunhas das devastadas consequências dos ataques do Terceiro Reich á polônia. Feita com o objetivo de salvar a Europa do judaico-capitalismo selvagem. Hitler pôde por em prática os seus planos maquiavélicos graças a sua mágica religião, o nazismo, una ideologia inimiga do cristianismo e do capitalismo americano. Graças ás toneladas de minérios, brinquedos e dentes de ouro que Hitler apreendeu (apreendeu, confiscou. Não aprendeu) dos judeus, que eram uma espécie de bichos de estimação da sorte, já que lhe serviam para quase tudo: construir armas, perseguir outros judeus e outras atrocidades para fazê-los falar onde fazer uma cirurgia para dividir o testículo em dois (Hitler só tinha um), se possível, com latas de gasolina e lança-chamas.

O glorioso Império Nazi do Mal, segundo dizia Hitler (e a mídia esquerdista), iria durar 1000 anos, mas uma coaligação de capitalistas americanos, conservadores ingleses, republicanos franceses e comunistas soviéticos disseram: Anda Homem, que a Guerra Fria não pode esperar muito. Então Hitler se suicidou com uma pistola (segundo ele) ou com cianuro (segundo Stalin e seus camaradas direitistas(?)), levando o Império Nazi ás ruínas. O espólio foi tão grande, que a Alemanha se partiu em duas metades, uma para os americanos e outra para os russos. O Terceiro Reich ainda compete com a Prússia e a União Soviética pelo topo (aka prrimeira lugarr) do ranking mundial de impérios desastrosos e falidos, mas ninguém se atreve a dar o primeiro lugar á eles, com medo de que eles ainda tenham estocado zyklon-B prontinhos para serem usados.

História[editar]

Ascenção do Terceiro Reich[editar]

Mano Hitler fazendo seu discurso presidencial

Adolf Hitler era um militante comunista filiado ao Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães. Em 1932 chegou ao posto de líder do partido, mudando toda a sua estrutura. A nova cara do Partido Nazista consistia de patriotas alemães, em especial aqueles que tinham servido a Alemanha na Primeira Guerra Mundial. A grande maioria compostas por cadáveres comprados no manbeef.com. Putos porque não haviam mais guerras pra lutar, estes militares antigos se mantiveram ocupados perseguindo porcos capitalistas e os deportando. Em um incidente em particular, os conservadores da Baviera acharam que poderiam tirar proveito do governo fraco e encenar uma revolução de direita. Mas um bandido miliciano da região, conhecido pela alcunha de Capitão Goebbels deu o toque de recolher e acabou com o sonho da direita. Posteriormente, Goebbels seria nomeado ministro do Partido Nazista em honra aos veteranos da Primeira Guerra Mundial, por ter criado a ideia do monopólio socialista, o que significaria se aliar aos do mundo inteiro para chegar ao poder, para depois jogá-los fora.

Entretanto, o maior inimigo de Hitler na época, Adolf Schmitler von Knorring, foi um médico conservador austríaco. Schmitler era um médico muito bem-sucedido e foi capaz de publicar um livro sobre seu trabalho intitulado Minha Tosse. Seu livro se tornou muito popular entre os cardiologistas, mas teve pouco efeito sobre o público em geral. Por outro lado, a plataforma de Hitler combinou os elementos que conduzem até hoje partidos de diversos países, como o Partido Democrata (EUA), o Partido Socialista Operário Espanhol (Espanha), o Partido Socialista Unido da Venezuela (Venezuela), o Partido dos Trabalhadores (Brasil), o Partido Socialista da Esquerda (criado na terra natal do Führer), o Partido Comunista Português (Portugal), entre outros. Para cada ganho de cerca de metade dos votos de cada vez:

Hitler e Mussolini no pacto de aliança

Hitler também apelou para o grupo demográfico que permaneceu:

  • Apelo para aqueles com caxumba elefantíase ou a doença do pau na boca do Homem Elefante.

Outros sabiam do sua mundial conhecida reputação de um artista de guerra e ficaram simplesmente impressionados com sua propaganda política, que foi exibida em um jornal da itália, visto por Mussolini, que resolveu repetir o mesmo processo na Itália, mas isto já é uma outra história, ver em Itália fascista e Benito Mussolini. Para não haver briga entre religião e ateísmo, Hitler combinaram elementos de ateísmo com a filosofia neo-pagã.

Primeiros anos[editar]

Hitler celebrando a invasão á Polônia

Em 1934, Hitler soltou alguns cachorros dos canis e os espalhou por duas ou três cidades alemãs, provocando um caos apocalíptico. O chanceler Paul McCartney, na época com 90 anos, pactou com Hitler para que este tomasse todo o poder e acabasse com os cachorros. Com todo o poder em suas mãos, Hitler roubou uma lata de gasolina dos Estados Unidos, um fósforo e se dirigiu ao Reichstag. Hitler culpou a oposição. Estes ficaram putos com tamanha calúnia e difamaçã. Hitler incendiou a área para esquentar os imigrantes israelenses, que formavam, junto com conservadores e capitalistas, a oposição ao seu governo. O fogo se extendeu e incendiou todo o Reichstag. No ano seguinte, Hitler instaurou sua ditadura fuhrerana. Proibindo a ação da direita e dos sionistas.

Hitler impôs o palestianismo e a superioridade da raça ariano-socialista (o que incluía todo o governo soviético, o governo italiano, o governo brasileiro, as teocracias islâmicas (sim, elas já existiram na época) e as ditaduras africanas. A grande caçada começou. Os funcionários judeus foram despedidos. Em seguida, membros do Partido Comunista Alemão, foram até as casas dos judeus, cortaram suas cabeças e as colocaram dentro de capacetes da companhia elétrica...ou seria do show do KISS??? Eu sei que tinha um SS.png cravado. Enfim, segundo o conceito de Hitler, as coisas na Alemanha estavam indo bem. O dinheiro aumentava...e ia todo pro bolso do partido. Hitler considerou isto um grande modelo para a sociedade mundial, e decidiu propagar o seu governo.

Segunda Guerra Mundial[editar]

Hitler era um cara muito chato, e queria que a propaganda do Terceiro Reich fosse exibida ao mundo todo.[1] A Polônia era um país que vivia numa onda conservadora e achava que as franjinhas e o jeito gay de Hitler poderia vir á corromper as crianças polonesas, e como simplesmente tapar os olhos das crianças não era o suficiente (visto que, a televisão era uma novidade na época e as crianças não conseguiam se desgrudar), eles decidiram boicotar a Alemanha Nazista, eles acharam que seria fácil, visto que Hitler tinha cara de fracote.

E todos os partidos nacionalistas e socialistas foram banidos da Polônia, inclusive o Partido Socialista Polonês, a base secreta do Partido Nazista na Polônia, até então desconhecida. Para uma ênfase acrescentada, a Polônia proibiu a exportação da cerveja polonesa, que Hitler havia se afeiçoado em beber com moderação. Indignado, Hitler exigiu a anexação de 99,7% do território polaco, mas foi negado, decidiu então tomar a Europa inteira pela força. Para evitar problemas no leste, assinou o Pacto Ribbentorp-Molotov com a União Soviética, o qual dividia a Polônia entre os nazistas e soviéticos. Preparou o exército, as divisões blindadas (ou Panzers), a aeronáutica e deu as ordens aos generais.

Tomada da França e Guerra na África[editar]

Assinatura do Pacto Molotov-Ribbentrop

Depois de conquistar a Escandinávia, Hitler precisava conquistar mais 18 territórios. Como a leste havia a União Soviética e os alemães não queriam se foder lutando com os russos, Hitler decidou mandar o exército se voltar para o oeste e atacar o país com o exército mais delicado do mundo: a França. Após darem a volta com certa violência (Ui!!!) na Linha Maginot (uma série de fortificações na fronteira franco-alemã), o exército alemão dirigiu-se para o Norte, onde ocorreu a famosa Humilhação em Dunquerque, em que os aliados tomaram um enorme nabo do exército alemão. Posteriormente, Paris caiu em mãos alemãs.

Decorridos mais alguns dias de luta, a França rendia-se, humilhada (de quatro) extamente como a Alemanha em 1918. Apesar das aparências o novo Império Alemão já estava satisfeito em relação ao Ocidente. Ainda em 1940, Russos e Ingleses resolveram fazer uma temporada à perder de vista no Irã quando este arrastou as asinhas e principalmente o petróleo em direção à Alemanha. Os Russos saíram depois da guerra mas os ingleses não só não saíram como ainda chamaram os americanos pra tomar o lugar daqueles comunas idiotas, o que nas décadas seguintes daria numa baita duma confusão...

Após entrar na guerra, a Itália só tomou nabo: primeiro da França, que ainda não tinha se rendido. Depois dos Gregos, que usavam técnicas conhecidas de batalha, como o churrasco grego, o beijo grego e o presente de grego para sabotar os italianos. Depois o exército italiano tomou chumbo na Etiópia e na Somália das tropas coloniais britânicas e dos guerrilheiros locais. Mesmo assim ainda teimou em tentar alargar (Ui!!!) seu império colonial na África atacando as colônias britânicas adjacentes à Líbia. Embora o exército italiano fosse numericamente maior, o mesmo levou um violento pau das forças coloniais britânicas, o que obrigou Adolf Hitler a enviar um corpo do exército alemão para auxiliar os italianos: o Afrika Korps.

Comandado pelo General Erwin Schrödinger Erwin Rommel (conhecido pelos Aliados como A Raposa do Deserto), o Afrika Korps fez todo o trabalho duro para os italianos, empurrando o exército britânico mais de 1000 km em direção à leste, no Egito. Somente depois de dois anos e meio, em 1943 já sem gasolina, aviões e gente pra levar a aventura alemã na África mais à frente (já que Sr. Adolfo tinha decidido desde a queda da França jogar praticamente todas as suas fichas contra a Inglaterra) que o Afrika Korps seria derrotado, através de uma atuação conjunta de forças americanas, britânicas e francesas livres (na verdade tropas coloniais francesas, basicamente africanas, já que os franceses mesmo aquela altura não estavam muito afim encarar o batente).

Operação Barbarossa[editar]

Segunda Guerra Mundial
Status: Empate entre os capitalistas e os comunistas (mas o Terceiro Reich e o Japão tomaram um nabo incomensurável)
Resultado: Início da Guerra Fria
Worldwar2RTS.gif
Versão nerd da Guerra.
Estados Beligerantes
Aliados
EUA,
URSS,
Reino Unido,
China,
França,
Brasil,
mais um mol de países
Eixo
Alemanha Nazista,
Itália Fascista,
Japão,
Hungria,
Bulgária,
Finlândia
Conservatism.png
Nazi.jpg
Ideologia Político-Econômica
Comunismo - Ditadura
Capitalismo - Democracia
Nazismo/Fascismo - Ditadura
Chefes de Estado
Franklin Delano Roosevelt,
Josef Stalin,
Winston Churchill,
Getúlio Vargas
Adolf Hitler,
Benito Mussolini,
Takacara Nomuro

Cquote1.png Não faça isso seu imbecil! Cquote2.png
Napoleão Bonaparte sobre experiência própria com o inverno russo

Em junho de 1941, faltando apenas 5 territórios para atingir seu objetivo e completar seu álbum de figurinhas, Hitler faz a pior burrada da história militar mundial: declara guerra à União Soviética em pleno inverno (embora na Rússia a diferença entre inverno e verão não seja significativa).
Cquote1.png Precipitado ele está sendo. Cquote2.png
Mestre Yoda sobre ação de Hitler
Após invadir uma vasta área da União Soviética, destruindo tudo que viam pela frente, as tropas nazistas se viram pouco a pouco sem poder vencer a resistência e avançar além de três grandes cidades: Leningrado (São Petersburgo) ao norte, Moscou ao centro e Stalingrado (Volgogrado) mais sul na Rússia.

Após levarem duas monumentais surras geladas, uma feia em moscou em 1941 e outra ainda pior (porque trouxeram pra apanhar juntos Romenos e Italianos) em Stalingrado no ano seguinte, os alemães decidiram que estava na hora de apanhar também no verão e, assim o fizeram em Kursk em 1943. Depois disso foi só limpeza pro Exército Vermelho que continuou avançando e destruindo, não necessariamente nesta mesma ordem. Assim, pouco mais de três anos depois de iniciada a invasão, os russos já haviam empurrado os alemães de volta à (antiga) fronteira soviético-polaca.
Cquote1.png MWHAHAHAHA!!! Caiu direitinho na armadilha! Cquote2.png
Stalin sobre pacto com o diabo General Inverno

Nota: Os alemães, por estarem totalmente bêbados pra aguentar aquele frio da porra, tinham levado pra dar uma força por acreditarem se tratar dos antigos Romanos, havendo trazido os italianos de quebra só por serem descendentes dos mesmos e pra "garantir" qualquer coisa...

O dia D[editar]

Enquanto a Alemanha tomava um nabo da União Soviética a leste porque Hitler achou (errado) que a mesma era fácil de vencer e assim mostrar pra Inglaterra quem era o fodão; do outro lado à entrada dos Estados Unidos na guerra tinha empretejado a situação deixando o redondo dos alemães na reta. Hitler, prevendo um ataque inimente por parte dos aliados através da França decidiu construir a Muralha do Atlântico, um sistema de fortificações que pretendia tornar a vida dos soldados aliados um inferno (e com tecnologia alemã). -- Log do MSN Messenger --
Oceano Atlântico, 30 de Fevereiro de 1944, 15:35 (UCT):
Cquote1.png Roosevelt, vamos fazer o seguinte: deixemos que os nazistas e os comunistas continuem a se foder e que os russos se virem chutando a bunda dos alemães. Então, vamos adiar ao máximo qualquer coisa mais concreta, certo? Cquote2.png
Winston Churchill, falando com Roosevelt
Cquote1.png Ok! Cquote2.png
Roosevelt, respondendo a frase acima.
Cquote1.png Mas e a França? Cquote2.png
Charles de Gaulle, em resposta
Cquote1.png Droga! Esqueci que a França está na Europa continental. É não vai ter jeito, vamos ter de invadir a Normandia porque a parada na Itália tá muito parada. Do jeito que as coisas andam, Stálin chega primeiro em Paris. Cquote2.png
Roosevelt sobre frase de Gaulle.
Cquote1.png Mas que merda... eu odeio os franceses! Cquote2.png
Winston Churchill sobre frase de Roosevelt
-- Fim do Log --
O então general do US Army de 25 estrelas Dwight D. Eisenhower, juntamente com o primeiro minstro britânico Winston Churchill mais o presidente dos EUA Franklin Delano Roosevelt, marcaram um dia para inciar o ataque à Muralha do Atlântico, sendo escolhido o dia 6 de junho de 1944. Esse dia foi conhecido como Dia D (dia de colocar os alemães DE quatro). Após semanas de um vai não vai (que nem mesmo Call of Duty pode simular) os aliados conseguiram firmar pé na França e libertaram o país após 11 meses.

O Holocausto[editar]

Predefinição:Principal

Os alemães se excitaram ao pensar em perder outra guerra

Hitler percebeu que sua única esperança era obter o apoio dos seus inimigos judeus. Hitler, então, plagiou o Gulag e criou o Resort Club Campo de Trabalhos Forçados de Auschwitz-Birkenau, um grande complexo de lazer de acomodações, resorts e grandes chuveiros concebidos por Dudu Nobre Percival de Souza Heinrich Himmler. Se mostrando bem prestativo, Hitler permitiu a entrada de homossexuais nos resorts. Mas os judeus tinham tratamento preferenciado. Porém, Adolf Hitler tinha medo que comedores de criancinhas se infiltrassem no resort. Então cada cidadão do Reich era analisado. Aqueles que se enquadravam no perfil estabelecido, era enviado ao resort. Obviamente, aqueles com tranças, yarmulkes e livros do Talmud na mão eram judeus. Porém, uma dúvida assolou o NSDAP. Seriam judeus os filhos de judeus que se convertiam a outras religiões, como a do Monstro de Espaguete Voador e a Cientologia??? E quanto aos seus cônjuges??? E seus amantes??? E os filhos de seus amantes??? E se encontramos um que afirma ser ariano, mas tem um nariz proeminente??? São suspeitos de serem judeus??? Foi finalmente decidido que todos os judeus, suspeitos de serem judeus, que haviam tocado um judeu, que respiravam o mesmo ar que um judeu, que tinham um vizinho invejoso judeu e que tinham comido feijão nas últimas duas semanas deveriam ser enviados a um campo de concentração resort.

Agora, quanto aos viados. Bem, eram considerados viados aqueles que eram suspeitos de serem viados, que haviam tocado um viado, que respiravam o mesmo ar que um viado, que tinham um vizinho invejoso que falava como viado, e claro, os judeus. Se você fizer um ataque a uma casa e o inquilino tem muitas salsichas em casa, mande o para o resort. O Führer agradece Like button.gif. Em meio a isso, um alemão recalcado invejoso não queria que essas pessoas se beneficiassem com spas livres, fez uma lista de pessoas que estavam livres para serem atendidas. Schindler decidiu comprar alguns judeus (eram tão valorizados pelos nazistas, que tinham de pagar para desfrutar de sua companhia), para a qual ele fez uma lista de nomes, a mais famosa lista de nomes de todos os tempos. Além disso, foram adicionados alguns judeus em sua vizinhança, dos quais ele não gostava, e a própria mãe, que tinha reumatismo e queria ir tomar alguns banhos de lama. Schindler, de fato, mudou a lista e fez uma de traidores políticos merecedores de todos os suplícios benefícios.

O grande entretenimento dos nobres alemães da época era ver esta dancinha micosa do fuhrer na casa de shows de Berlim

Aqueles que estavam hospedados no spa foram extremamente sortudos de ter acesso a atividades físicas livres quase todos os dias. Isso, juntamente com uma dieta rigorosa (um pedaço de pão por dia, com algumas larvas somente se eles se comportassem bem) sempre em forma. Entre as atividades físicas que os judeus poderiam desfrutar estavam mover bigornas e carregar uma fusão de aço com balas, junto com a fabricação e testes da mesma. Como haviam judeus mais idosos que não tinha forças para tal ginástica, suas atividades foram limitadas à questão das casas de banho. No início, eles foram banhados e limpos, mas logo os nazistas perceberam que seria mais limpo colocá-los em fornos e transformar seus ossos em sabão. Em algumas favelas de Varsóvia, judeus juntaram e promoveram uma série de festas do quarteirão em spas alternativos para os nazistas. Hitler ficou profundamente irritado, principalmente porque nessas festas se ouvia rap e reggae, em vez de emocore. O desconforto do Führer foi porque ele controlava todas as empresas alemães, mas a única na qual ele tinha realmente amor era uma gravadora que queria transformar a Banda Restart no número um em vendas. A conseqüência foi que os alemães marcharam com o seu exército no gueto e queimaram todos os leitores de discos. Em meio ao caos, havia poucos sobreviventes á avalanches dizimando muitos mortos e feridos porque as portas dos clubes não eram grandes o suficiente. A tragédia do gueto de Varsóvia foi recontada no filme O Pianista (estrelado por Elton John) e na música de In the Ghetto de Elvis Presley.

Depois de vários anos de diversão em spas, os humanitários nazistas foram incapazes de continuar suas atividades devido á gastos sociais, como a aliança profana judaica-maçônica-bolchevista internacional ter decidido invadir o Terceiro Reich. Eles tinham que fazer alguma coisa com os judeus que estavam em spas (cujas casas e propriedades haviam desaparecido misteriosamente em The Twilight Zone). Este recomendaram a ideia de Reinhard Heydrich como uma solução para o problema. A primeira coisa que aconteceu com esse homem foi trazer todos os judeus para Madagascar (Heydrich tava chapado), mas mais tarde, em meio a um burburinho de ácido lisérgico, ele disse que os judeus estavam fedidos e precisavam de um chuveiro. Um mês depois Heydrich morreu de uma overdose, por isso foi seu ginecologista, Adolf Eichmann, o responsável pela execução do plano. Eichmann decidiu dar banho em todos os judeus com um gás altamente eficaz chamado flatus, assim seria mais brilhante do que o passado por lixívia. Estes chuveiros tiveram o efeito colateral da morte lenta e dolorosa, mas todos nós sabemos que spas nem sempre dão o que prometem. Nos campos da felicidade, a segurança dos judeus era o mais importante, e foi por isso que o SS decidiu colocar um arame farpado eletrificado enorme, guardas armados e campos cheios de minas terrestres, mas foi depois de comprar toda essa bobagem que os nazistas correram para fora do orçamento, de modo que os detentos do quartel em vez de ser como casas normais (como inicialmente previsto), tiveram de ser construídas com madeira, e para economizar espaço e energia, em cada barraca tiveram que viver cerca de 750 prisioneiros. Outra regra que foi usada para economizar dinheiro e água quente era a de que os prisioneiros só deveriam tomar banho uma vez em sua vida, e se o fizessem, eles tiveram que usar sabonetes especialmente concebidos para eles. Finalmente, um preso só podia comer uma vez a cada oito dias, e foi por causa desta regra que muitos presos que sofrem de anorexia extrema.

Queda[editar]

Os últimos momentos de Hitler foram tensos

Cquote1.png Em abril de 45, Hitler, que andava deprimido por alguma razão, rastejou por baixo de Berlim, e lá livrou-se de sua esposa, texto artigo, dando-lhe um tiro no cu... Cquote2.png
Aluno em redação do ENEM sobre o fim de Hitler

Em março de 1945, tanto os Estados Unidos quanto a Inglaterra já estavam fazendo festa dentro da Alemanha. Hitler estava desesperado, pois percebia que estava sendo encurralado a leste pela inglaterra, a oeste pelos aliados e por trás por Motumbo. O líder nazista ficou preocupado, pois esta era a primeira vez em toda a sua vida em que sentia terror ao imaginar uma invasão violenta por parte dos soldados ingleses Com toda a pressão psicológica da guerra, somado ao rebaixamento da The Deutsche's Tabajara, seu time do coração, Adolfo entrou em depressão pós-guerra e enlouqueceu.

Sua loucura chegou ao ápice no dia de sua morte, quando renegou às raízes gayzistas e casou-se com Eva Braun. Pouco depois da cerimônia, Adolfo recobrou sua sanidade e, ao perceber que a US Army estava mais perto do que até mesmo ele desejaria, decidiu, por vontade própria, enfiar uma faca no peito. E em 30 de abril de 1945, Hitler cometeu suicídio por autoempalamento em seu Bunker enquanto tropas americanas acabavam de tomar Berlim sem gelo. Após a gloriosa morte de Adolfo, o general americano Dwight D. Eisenhower destruiu o Reichstag (parlamento nazista) com um Pilão Giratório. Pouco depois o próprio general hasteou a bandeira americana sobre o que sobrou do edifício, onde apareceu numa das fotos mais famosas da guerra e, de quebra, afundou fundou a Alemanha Ocidental.

EPIC FAIL!

Geografia[editar]

Aqui vemos um senhor de bigode, o grande responsável pela criação do Terceiro Reich e da Segunda Guerra Mundial. Ao seu lado temos o führer Adolf Hitler

As principais cidades da Alemanha são Berlim, Munique, Blumenau, Manaus e Varsóvia, que fica na Polônia. Isto é apenas um detalhe, já que a cada 30 anos a Alemanha declara guerra contra a Polônia e expulsa os poloneses de lá. Os alemães também costumam tirar férias em Paris. Estes períodos eles chamam de Guerra Mundial e a viajam até lá de blitzkrieg. Na Alemanha, até em farmácia vende cerveja e se você estiver disposto a pagar um pouco mais ainda leva uma loira puta de brinde. Ou seja, é o paraíso. Antes do Reich de Adolf, a Alemanha havia roubado algumas áreas, que foram dadas para a França (Pussy!), Polônia (ainda mais humilhante), Tchecoslováquia e os caralho. A parte boa foi a Alemanha e a Áustria, o resto era caca ou instalações comuns para os filhos do Abe. A França não era ruim, mas estava cheia de franceses, então Hitler a deixou de lado. A Thecoslováquia era aceitável. Vlad Tepes estava na Romênia, Croácia, Hungria e Bulgária, e a Itália fascista tinha a Albânia e Grécia. Em 1941, Hitler iniciou a Operação Barbarossa para cometer saques em terras russas, a fim de caçar e levar capitalistas infiltrados como escravos para os tanques de fábricas de latas de Alemanha. As áreas ocupadas da União Soviética foram regidas por líderes locais da SS, com a autorização de Josef Stalin.

Em 1944, os americanos, os britânicos, canadenses e franceses expulsaram os nazistas da França e os enviou para a Bélgica e Holanda para que se divertissem carregando sacos de cimento. Quando Hitler fugiu para a Argentina em uma cápsula de cianeto, Stalin e os capitalistas que visavam destruir o Reich, dividiram o mesmo em duas partes, a metade vermelha vai para a Berlim polonesa e os capitalistas vão para a Berlim francesa. De todas as terras que tinham os nazistas, só a Alemanha não foi roubada. O resto, sim. Os métodos para adquirir ilegalmente províncias de outros países eram muito diferentes, mas todos eles tinham algo em comum: os franceses tinham cegueira crônica. Hitler era bom em roubar, e o menino roubou. Eis uma lista dos países roubados e como foram roubados:

  • Áustria - Hitler consegue, depois de fazer drama, fazer com que o NSDAP fosse legalizado na Áustria. Em seguida, a Wehrmacht vai ás ruas de Viena para comemorar a oktoberfest com os irmãos austríacos. Enquanto isso, um referendo é realizado para a anexação à Alemanha.
  • Tchecoslováquia - Hitler permanecia acordado enquanto os arianos fabricavam tanques, enquanto isto, planejava atacar a Tchecoslováquia a partir de uma zona (sim, zona no mau sentido) que ficava perto da fronteira. Foi o que ele fez, entretanto, uma pequena parcela dos soldados alemães (leia-se: os capitalistas infiltrados) pararam para observar as tchecoslovacas gostosas fazendo coisas feias. Acabou que a zona saiu da lista de áreas ocupadas.

Subdivisões administrativas[editar]

Cquote1.png Falta de ar??? Problemas respiratórios??? pera aí que eu vou levar o gás! Cquote2.png

Uma tentativa do Hitler organizar os territórios anexados da Áustria e Tchecoslováquia de forma que ninguém se rebelasse. Uma ou outra coisinha mudou em 1991, mas nada muito substancial e a ideia continua a mesma. A Alemanha constitui-se de 13 estados, o que é muito levando em consideração que o país tem o tamanho de Minas Gerais que é apenas 1 estado do Brasil, o que prova que esta divisão em estados da Alemanha é mero protocolo. O maior estado do país é a Áustria e o menor é Ponta Grossa. Porém o mais gay é Saarland por causa da recorrente proximidade com os franceses e o estado mais macho é Brandemburgo onde se come salsichão cru com cerveja quente. Quando uma cidade na Alemanha fica grande demais, para que não ocorra escassez de cerveja e salsichão o que certamente resultaria numa revolta popular, as cidades com mais de 5 milhões de habitantes ganham o status de cidade-estado e autonomia o bastante para manter a balança de chucrute per capta.

A Renânia do Norte-Vestfália é o único estado alemão dividido em associações territoriais porque alguém algum dia quis que fosse assim. Como nem os alemães sabem direito o que é Dortmund, Duisburg, Dusseldorf, Essen ou Colônia de tão misturadas que estão aquelas cidades, alguém criou essa tal associação territorial parta tentar solucionar este problema, e como vemos, falhou miseravelmente, pois nem os próprios alemães entendem o que é o que na Renânia. Os estados da Alemanha estão subdivididos em regiões administrativas, cuja utilidade administrativa é nenhuma, muito menos política ou estatística, tanto que os alemães ficaram com preguiça de criar regiões administrativas para todos estados, e só uns 5 estados alemães possuem esse tipo de divisão territorial. O critério para o desenho das fronteiras das regiões administrativas levam em consideração a vestimenta, qualidade dos suspensórios, cor dos bigodes, alturas dos tamancos, estilo da armadura medieval ou se usam pena no chapéu ou não. Sendo estas regiões portanto uma divisão meramente cultural.

Todos estados são divididos em distritos. Alguns são distritos independentes e fazem o que der na telha, como por exemplo, adotar o nacional-socialismo, já outros são distritos comuns que são tão esquecidos quanto Rio Branco no Brasil, por exemplo. O Distrito rural são as zonas onde teoricamente deveria ser campo, embora seja na maioria das vezes alguma zona desmatada e erodida onde trabalham alguns fazendeiros criando texugos, a principal matéria-prima do genuíno salsichão alemão. As municipalidades são as cidades, o menor nível administrativo da Alemanha. E são tantos, mais de 8000, porque eles consideram municipalidades até vilarejos de 5 habitantes.

Clima[editar]

A fumaça oriunda do fusca inventado pelos nazistas teve uma participação significativa na criação do clima do Terceiro Reich. Atualmente este clima se concentra em São Paulo e Pequim

Grande parte do território alemão está na Zona Temperada, ou como os habitantes da Baixa Saxônia gostam de chamar, Zona do Friozinho Gostoso, onde, homens costumam se deitar juntos com mulheres (eventualmente pode ser inclusive com a Tua Mãe) para se aquecerem. As temperaturas mais baixas já registradas foram de -90°C, em Berlim,-85º em Hamburgo e -75º em Baden-Wurttemberg, mais frio que qualquer outra região no mundo, exceto na União Soviética.
Cquote1.png Na União Soviética, o frio pega VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Alemanha Nazista
No entanto no verão, a região é assolada por grandes temperaturas, quase insuportáveis para os nativos, temperaturas essas que variam entre 18 °C e 25 °C. Nessa época cresce desesperadamente a procura por ar-condicionados e ventiladores. Grande parte da Alemanha é coberta pela Floresta de Araucárias, que está entrando em extinção. Isso é culpa de sulistas e brasileiros. Hoje em dia essas florestas são extremamente preservadas, e a araucária é uma espécie encontrada unicamente por aqui. Só tem aqui. Nenhum outro lugar.

Cidades[editar]

Resumo da geografia da Alemanha Nazista
Hitler teve seu nome censurado nos filmes que produziu, tendo sido trocado pelo pseudônimo Charles Chaplin fora da Alemanha.
O melhor da cultura do Terceiro Reich
  1. Baden-Württemberg - Nas Guerras Mundiais, a então Suábia foi anexada pelos nazistas, mas como ficou na região por volta da Suíça não foi muito devastada. Depois que a Alemanha perdeu vexaminosamente, houve um plebicito na Suábia para saber se eles queriam ser França ou Alemanha. Como árabe não é gay, 100% dos votos foi para a Suábia virar um estado alemão. O governo de Berlim apenas obrigou a adoção de algum nome esquisito, então a Suábia se tornou Baden-Württemberg.
  2. Baixa Saxônia - A Baixa Saxônia ficou durante muito tempo longe de conflitos, só foi surgir novamente durante a Segunda Guerra Mundial como ponto estratégico para bombardear a Inglaterra para a diversão de Hitler.
  3. Bavária - Formada por vales, lagos, florestas, lagos, vales, florestas, florestas, vales, lagos, florestas e vales, vales e lagos, florestas com lagos e montanhas, neve, Alpes, plantações de uvas, cereais e lúpulo, mais florestas e mais lagos, a Bavária é um país estado com belíssimas paisagens. Se você estiver na Alemanha e quiser ver mato, a Bavária é a melhor pedida. Quer dizer, o estado da Bavária é a melhor pedida, porque a cerveja Bavária é a pior pedida. Hoje a Bavária é dividida em 3 partes: Blumenau, Boêmia e Tirol do oeste.
  4. Brandemburgo - A idade negra começou quando Hitler entrou no poder, pois o mesmo adorava homens e repudiava a ideia de ter um Antro de Perdição na Alemanha nazista. Sabendo disto, vários países atacaram a Alemanha para ter o domínio da região. No final da Segunda Guerra Mundial, houve um acordo entre os EUA e a URSS: A URSS poderia ficar com o estado de Brandemburgo, porém Berlim ficaria sob o domínio dos EUA, pois os mesmos também queriam um pouco de diversão.
  5. Hessen - Os romanos tentaram invadir o território para roubar o seu dinheiro, porém sempre voltavam com o rabinho no meio das pernas, pois os Celtas eram mais machos que eles, e além disso contavam com a proteção de Thor e Odin, que os ajudavam na tarefa de afastar as visitas mal-vindas. Porém, mais tarde, quando os habitantes de Hessen resolveram se tornar clientes da Igreja Católica, eles perderam a proteção, e o território foi rapidamente anexado à Prússia.
  6. Mecklenburg-Vorpommern - Até 1990, Mecklenburg era só um pedacinho de terra entre Lübeck e o rio Elba. No fim de 1990, com um propósito engrandecedor, Mecklenburg-Vorpommern dispôs de uma ajuda de pensionistas e famílias ecologistas, que procuraram arduamente em todo o resto da Alemanha, um lugar para morar. Para maximizar o lucro, foi comprado, em 1991, a porção de terra até Uckermark e Prignitz, em Brandemburgo.
  7. Saarland - Ele tem uma área muito pequena, tanto é que você tem que pegar a lupa para enxergá-lo no mapa político da Alemanha. Eles gostam de se julgar franceses, mas são alemães, ou seria o contrário (ninguém sabe, nem eles mesmos). O estado é o maior cliente da Igreja Católica na Alemanha. A sua capital é Saarbrücken.
  8. Saxônia - Ao longo dos anos, uma parte da Saxônia (parte católica) tornou-se uma área altamente industrializada, conhecida como Triângulo Industrial (abrangendo a região entre Leipzig, Dresden e Chemnitz). Durante o regime nazista, Adolfinho resolveu mudar as coisas. Nomeou a área de Triângulo Emossexual, e as indústrias começaram a produzir roupas e acessórios para os emos nazistas. Com o final do regime nazista e morte de Hitler, para o bem do mundo (e da Saxônia, principalmente), a indústria emossexual teve fim e os saxônicos (descendentes dos saxões) puderam voltar ao seu modelo sem leis, o que incrivelmente dá certo para eles.
  9. Schleswig-Holstein - Grande produtor de gelo natural. Ele faz divisa com países como a Dinamarca, a Noruega, a Polônia e estados como Mecklenburguer Vorpommern e a alternativa Baixa-Saxônia. A sua capital é Kiel, e outra importante cidade é Lübeck, a qual está sendo disputada entre Schleswig-Holstein, a Finlândia e Mecklenburg-Vorpommern.
  10. Turíngia - A paisagem da Turíngia é predominantemente original, ou seja, mato. Existem, nestas florestas, um enorme número de nativos que gosta de viver como seus ancestrais (em cima das árvores). Na Turíngia também existe um complexo de montes conhecido como Montanhas de Rhön, os quais fazem o papel de dividir (e não deixar ninguém entrar) a Turíngia da Bavária e de Hessen. Muitos turistas vão à Turíngia (se conseguirem encontrar) para visitar o Castelo de Wartburgque tinha diversas câmaras de tortura, utilizadas por Adolfinho, na qual os seus prisioneiros deveriam escutar música Emo.
  11. Berlim - Berlim organizou a vigésima terceira invasão da Polônia da história. Como a Alemanha resolveu lutar contra o resto do mundo, pois seus aliados eram a fraquíssima Itália e o Japão que nem sabia onde ficava a Alemanha naquela época, Berlim começou a ser bombardeada diariamente. Não sobrou nada da cidade. A Tríplice Entente (formada por Pelé e alguns outros países, entende?) se divertia destruindo Berlim. Finalmente os russos, putos da vida, pois os alemães tinham matado 10.000.000 deles destruíram toda a Berlim literalmente, mataram todos os alemães que encontraram, Estupro suas mulheres, e no final mataram Hitler. A palavra nazismo é riscada do dicionário alemão e a cidade coleciona mais uma derrota vexatória.
  12. Bremen - Além da herança bárbara de falar grosso e não pechinchar durante o comércio, Bremen é uma cidade que se tornou fã das músicas e lorotas dos Irmãos Grimm. Compositores de músicas infantis, eles inovaram o modo de cantar, usando sons de cavalos, cachorros, porcos e a fazenda inteira em suas músicas (é como se eles fossem o Pink Floyd da música clássica). A famosa história conta a jornada dos animais de uma fazenda que para escaparem do facão viajam para Bremen aonde ganhariam a vida cantando.

Economia[editar]

Quando Hitler chegou ao Reichstag pela primeira vez para não ser julgado, o Terceiro Reich já estava ferrado. Já que os banqueiros comunistas da União Soviética e do Partido Democrata haviam defraudado a bolsa novaiorquina em 1929, arruinando meio mundo (a outra metade, incluindo até os EUA, já estava ferrada). Para recuperar-se desta colisão, Hitler começou a desapropriar as coisas: primeiramente os partidos políticos de direita, então os livros, depois os judeus e, finalmente, lojas inteiras. Hitler defendia e economia socialista. A política econômica de Hitler poderia ser resumida por um discurso proferido em 1938:
Cquote1.png O dinheiro comanda tudo a minha volta. O Dinheiro pertence ao estado. Dinheiro igual para todos menos para os porcos capitalistas judeus. Eu controlo os empresários Cquote2.png
Com isto, não demorou muito e todas as empresas alemãs estavam sendo comandadas pelo Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães. O McDonalds e a Coca-Cola foram expulsas do Reich, devido ao seu imperialismo.

Hitler sacou muito ouro dos banqueiros judeus da Alemanha, mas para compensá-los, usando a lei da raça ariana, Adolf Hitler os mandou para estabelecimentos onde teriam que trabalhar dia e noite em empresas industriais de sucesso como Krupp (artilharia), BMW, Mercedes-Benz, Volkswagen, Opel...os judeus, claro, não cobravam porra nenhuma. Devido a força de trabalho, os judeus foram morrendo, temendo ficar sem empregados, Hitler mandou que a SS visitasse a Rússia para fazer uma limpa. A SS então, por ordem de Adolfo, começou a enviar prisioneiros de guerra russos em trens e caminhões para as fábricas. A Operação Barbarossa também forneceu ucranianos para a Alemanha Nazista. Na Ucrânia e na Rússia foram montadas empresas de comida e petróleo. Assim, a base de prisioneiros de guerra, se produziram milhôes de carros, trens, armas e utensílios domésticos.

Nota: Devemos deixar claro que nenhum dos prisioneiros de guerra escravizados por Hitler eram comunistas

Importações[editar]

Hitler foi muito oprimido pelos judeus da República de Weimar, então resolveu retribuir: resolvendo os problemas da superpopulação no Gueto de Varsóvia, por exemplo
  • Petróleo (Para os tanques e besouros da Volkswagen)
  • Comida (da Ucrânia, para ao mesmo tempo, ajudar o camarada Stalin a dizimar os ucranianos e fazer com que os judeus fabricantes de comida se ocupem com serviços sexuais)
  • Prisioneiros de guerra americanos (para dar uma força para os judeus)

Exportações[editar]

  • Judeus (para a Polônia e a República Checa, para eles serem escravos dos comunistas desses países)
  • Soldados (para o Exército Vermelho)
  • Afrika Korps (Para bloquear o Canal de Suez)
  • Pizza (Para ajudar Mussolini)

Política[editar]

Hitler arranjando briga em Nuremburg

Antes do titio Adolf ganhar as eleições de 1932 e chegar ao Kremlin Reichstag, a Alemanha, que desde 1919 tinha o ridículo nome de República de Weimar, era governada por um general feio e bigodudo chamado Paul von Hindenburg. Paul não era de direita, mas também não era de esquerda, este último fato permitia que capitalistas e conservadores tivessem espaço na política alemã. Os vendo como inimigos, Adolf Hitler optou por concorrer ás eleições presidenciais pelo recém criado partido trotskista Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães. Hitler ganhou graças á seus discursos populistas (engraçado, quem mais fez isto?), que todo mundo conhecia, já que seu best-seller, o Mein Kampf já era vendido há muitos anos. Os capitalistas e conservadores foram enviados para a espanha para conseguir armamento a ser dado á população alemã a pedido de Francisco Franco. Os outros foram trancados em catacumbas. Hitler se nomeou chefe-supremo do mundo estado alemão, se colocando como um ditador eleito democráticamente.

Joachim von Ribbentrop, um homem frio e calculistas criou uma armadilha sistematicamente perfeita, que nenhum roteirista de Hollywood jamais imaginara. Não era ficção, era tudo real. A armadilha foi a Oktoberfest, antecipada em 3 meses, pretexto para que o chefe de estado austríaco pudesse estar em território alemão o quanto antes. Havia chegado o dia previsto, e a isca eram os barris de cerveja do estoque da festa. Wilhelm Miklas foi diretamente conferir o depósito e checar se estavam com o selo Zeca Pagodinho de Qualidade (ZPQ) para depois aproveitar a Gelage. Joachim foi muito esperto, embebedaram Wilhelm. Mas o golpe final estava por vir...Regina Casé foi convidada para a oktoberfest. E fez coisas muito feias com Wilhelm. Joachim e os nazistas gravaram tudo. Vocês não esperavam que o Wilhelm caísse nessa né? Bom, o importante é que ele assinou a anexação da Áustria á Alemanha, dando mais poder ditatorial ao Partido Nazista.

Constituição[editar]

Quando alguém lhe falar que o Terceiro Reich condenava a homossexualidade, mostre esta imagem.

Na tarde daquele mesmo dia, os ministros do país convocaram uma Assembléia Nacional Constituinte para decidir os novosrumos do país. Muitas decisões importantes foram tomadas naquele dia. Na reunião (reconhecida pela ONU) também foram decididos o status e os limites dos territórios, domínios e ilhas da Alemanha Nazista, sendo divididos em STC, STO e STE. Dentre outras leis, o aborto foi liberado, o armamento foi revogado e em uma seção especial, foi aprovado o casamento gay só para baixinhos arianos.

Cquote1.png Uuhhhuuuu! Vamos arrasar meu bem! Cquote2.png
Stalin para Hitler sobre a nova lei

Milhares de programas assistencialistas foram implantados, o que levou a uma rápida falência econômica e falta de desempenho social. Ao ficarem sabendo da notícia, os ministros Israelenses debocharam de Hitler, ali iniciando o seu antissemitismo exacerbado. A constituição passou a restringir a entrada de imigrantes asiáticos, e previu a construção de uma muralha para separar a Alemanha Nazista das nações capitalistas opressoras localizadas ao seu redor.

Governo[editar]

Uma cópia de uma monstruosa conta de gás (cortesia da CIA KGB Deutsche Information Agence) que chocou Hitler quando ele percebeu que não podia pagar com o cartão

O país começou a ir por água abaixo com a burocratização excessiva. Era necessário entrar com o pedido para o executivo nazi para fazer filhos, fazer comida, e até mesmo urinar e defecar. Até que um homem com cara de psicopata, chamado Franklin Delano Roosevelt. Juntamente com um careca judeu chamado Winston Churchill, veio e libertou a Alemanha e todos aqueles países super importantes da opressão nazifascista. Entretanto, há uma seita no Brasil para reconstruir o Terceiro Reich a partir deste país. Esta seita se baseia na adoração a Karl Marx e tem como principal lema a frase Eu não sei de nada. Já sabem a quem me refiro né? E você vota nesses caras... Para alguns jogadores de War, a Alemanha Nazista é conhecida como uma região satélite da Região Sul do Brasil. O atual presidente é o Silvio Santos (judeu). Isso ocorreu num dia chuvoso quando ele e sua esposa estavam no avião. A chuva era muita, e Silvio queria descer e comer seu espetinho de camarão com caviar das 18:00.

Ele mandou o piloto aterrissar. O piloto respondeu Cquote1.png Senhor todo-poderoso, nesse território eu não posso pousar. Estamos sobre os nazistas Cquote2.png. Após uma gargalhada estilo ha-ha-hae, Silvio disse: Cquote1.png Detalhes, Borges, compre o local. Eu preciso dos meus espetinhos! Cquote2.png Após isso, seu mordomo, Borges, comprou o local e chatageou (ou subornou) todos da região a aceitarem Silvio Santos como presidente. Depois é claro, dos espetinhos. Silvio colocou sua esposa Hebe Camargo como chanceler, ela agora é conhecida pela alcunha de Angela Merkel. A Alemanha Nazista era muito invocada armamentisticamente, foram tão invocados que seus poderosos exércitos, que nunca ganharam uma guerra na história, eram formados apenas por alemães gordos bebedores de cerveja. O gás usado para matar os judeus eram oriundos de suas flatulências.

O Partido Nazista[editar]

Predefinição:Principal

Hitler autografando um ariano um pouco mais escurinho. Acre, 1922

Conhecido nos círculos intelectuais como NSDAP e entre os círculos não intelectuais como WTF? Os nazis tinham um partido, ele se baseava no culto ao Deus Hitler, no ódio aos capitalistas e judeus, o amor á cerveja, o nacionalismo internacionalista, o socialismo e o trabalhismo. Por esta definição, se pode supor que era uma casa de loucos. A escola era gratuita, o macarrão também, te presenteavam com um uniforme militar, um bracelete com uma suástica para encorajar a todos, e pronto, você era aceito nos colégios. Por causa de todas essas vantagens, todos os alemães com cérebro eram filiados ao partido. Não se via sinal de pessoas que se recusassem a filiar-se. El partido nazi tenía muchas secciones, para que cada uno se alistase donde más encajaba. Así pues, había las SS, las SA, las Juventudes Hitlerianas, etc, etc... Los que se divertían llevando pistolas y gorras de béisbol, a las SA, los que pensaban ir más allá, a las SS, y los niños pequeños, a las Juventudes Hitlerianas, a aprender como manipular un Panzerfaust. O partido nazista tinha muitas seções, para que cada um se alistasse onde melhor se encaixava. De tal forma, havia a SS, a SA, a Juventude Hitlerista, que é a grande inspiração do Hamas para o uso de crianças nas atividades explosivas, entre outras.

Quando Hitler ainda era novato na Legião Urbana Bávara, ele era alvo de diversas brincadeiras

Segundo Hitler, apenas Hitler e ninguém além de Hitler, o partido era veemente democrático. Os mitos de que o partido era totalitário teriam sido coordenados por membros de um pequeno grupo de sionistas em Nova York, conhecido como Organização das Nações Unidas, organização mundialmente reconhecida como antissemita. Na verdade, dadas as condições globais e políticos da época, os generais alemães, apenas os generais alemães e ninguém além dos generais alemães concluiram que a Alemanha poderia melhorar as relações da Europa, confrontando os problemas culturais (a democracia, em especial) que eram dominantes na Europa durante este período de tempo. A solução nazistas para estes problemas era proporcionar retiros absolutamente livres subsidiados do governo, através do qual grupos de negros, judeus e outras minorias poderiam ir acampar juntos na Polônia rural e falar sobre suas questões em torno de uma lareira. Eles gostaram tanto que nunca mais voltaram. Seria quase impossível listar todas as atividades submetidas durante o período, mas a maioria das pessoas quase sempre eram forçadas tinham preferência por períodos concentrados de camping e de trabalho ativo na estrada aberta.

Cultura[editar]

Religião[editar]

Segundo o álbum bloqueado documentos secretos, um dos objetivos de Hitler era conquistar o pico do corcovado. Na foto: Hitler (centro), alemão otário (esq) e alemão puxa saco e carregador de malas

O nacional-socialismo era a única religião permitida no país. A ideologia nacional-socialista era a ideologia que todo mundo professava no Terceiro Reich, bem, todo mundo na rua, porque em lugares como prisões, campos de prisioneiros, guetos judaicos e campos de concentração, apenas caras que usavam um uniforme com o símbolo SS.png eram nazistas. O resto esperava pacientemente pelos ianques. A origem do nacional-socialismo é uma questão muito debatida. Alguns dizem que foi inventado em um quarto escuro e mofado de uma pousada em Praga, e o cara que o teria inventado seria o senhor Friedrich Engels, criador do Super-Homem e o homem que tentou (em vão) destronar Deus. Isso aconteceu em 1880 mais ou menos, mais ou menos. Naquela época, uma criança austríaca recebeu uma surra na traseira por não saber matemática. Seu nome era Adolf Hitler.

Hitler mostrando o Mein Kampf para Indiana Jones

Hitler era um cabo da Primeira Guerra Mundial, e estava muito chateado pelos franceses retornarem ao seu país durante a Guerra Franco-Prussiana. A partir de 1919, Hitler começou a planejar uma vingança, e pra isto usaria a República de Weimar, atual Alemanha. Roubou alguns livros escritos por Benito Mussolini sobre o fascismo, e, enquanto ele estava na prisão por ter copiado as ideais de Karl Marx, Hitler criou a ideologia nazista, com base nos seguintes pontos:

  1. Se podem usar tanques de guerra em assuntos políticos.
  2. Os conservadores são maus, e mordem.
  3. Os capitalistas também, e eles são judeus opressores, que estão praticando um terrível genocídio contra o pobre povo palestino.
  4. O führer é o deus supremo.
  5. A raça manda, e quem diz o contrário é um miserável.

Claro, tudo isso (menos os pontos 1,2,3 e 4) podia mudar, e não faz mal ter 3 milhões de soldados negros e judeus em suas Forças Armadas. Para manter tudo nos conformes, eram necessárias guilhotinas, inquisições inversas[2] e atrações de golfe.

Embora todos nós saibamos(???) que os nazistas faziam campanhas militares, Hitler não era militar, uma vez que foi apenas fora foi um agudo bagunceiro ordenador de ataques estúpidos a Moscou e Miami. Seu nome envolveu vários eventos políticos em uma importação completa. Os mais importantes foram:

  • A Noite dos Cristais - Em 1935, a SA dominava a Alemanha. Seu líder era Ernst Roehm, chefe de Hitler na Segunda Guerra Mundial. Ernst fez piadas sobre Hitler o tempo todo e, principalmente, riu de sey bigode. Isso levou Hitler a substituí-lo por duas ou três mil infantarias importadas da União Soviética para dominarem a SA. Com isso, a política nazista melhorou consideravelmente, já que haviam homens especializados em genocídio sem o uso da violência[3]
  • Anschluss - Hitler embebedou 30 milhões de austríacos, enquanto outros 3 milhôes, todos nazistas, votaram em um referendo para anexar a Áustria à Alemanha.
  • A Segunda Noite dos Cristais - Milhares de alemães exaltados depois de consumir cogumelos alucinógenos passaram a acreditar viver em 1350 e decidir morar em guetos assaltando judeus e os obrigando a virarem lenhadores com machados e panelas. O SS ajudou as crianças a levarem granadas. No total, apenas duas sinagogas permaneceram de pé na Alemanha, ambos são usadas ​​para armazenar o fertilizante para plantas.

O Messias[editar]

A reação do fuhrer ao ler a conta de gás (foto tirada segundos antes do colapso)

Predefinição:Principal

Adolf Hitler era o messias, o profeta desta religião. Hitler se dedicava a transmitir mensagens futuras, avisos divinos e outras notícias desagradáveis. Sim, eram avisos vindos de um Deus. Esse Deus era ele mesmo. A mensagem propagada por Hitler era a seguinte:

Quote1.png O princípio do nacional-socialismo se desgasta perante os avanços da ciência cristã. O nacional-socialismo terá que fazer mais e mais aprovações. Tudo o que resta é provar que na natureza não há fronteira entre o orgânico e o inorgânico[4]. Tornou-se comum no entendimento universal, que a maioria dos homens sabem que as estrelas não são fontes de luz[5], mas são planetas, que detêm toda esta iluminação devido a ausência de cristianismo e de sua absurda doutrina judaico-capitalista. Originalmente, a religião era apenas um entretenimento, um conto-de-fadas[6]. Mas, devido ao advento do conservadorismo, se tornou este sistema ditatorial global que é o ópio da sociedade[7], mas não para por aí...o fato é que a inquisição mundial cristã é apenas um período transitório á ditadura totalitária sionista mundial, que será comandada por judeus, por isto é preciso parar os conservadores, cristãos e judeus de uma vez. Assim tal estruturá entrará em colapso. E o mundo estará livre do capitalismo sionista. O capitalismo abraça o cristianismo mais rápido que o rejeita, pois o mesmo adere a seus princípios Cquoteclear2.png
Mein Kampf - 666:69-42

Os spas de Varsóvia[editar]

Predefinição:Principal

Forças Armadas[editar]

Cquote1.png Quem não gostaria de ser assim? Cquote2.png

As Forças Armadas da Alemanha, também eram chamadas de Forças Armadas Federais Alemãs. Sua principal tarefa consistia em manter a média de consumo de cerveja acima da média de consumo de água na Alemanha. Formada por aproximadamente 250.000 estranhos vestidos de verde. O atual lema das Forças Armadas Alemãs é: Cquote1.png Para o Congo - Beber cerveja!!! Cquote2.png. O lema anterior era Cquote1.png Ficamos bêbados... erh... Ocupar os Bálcãs! Cquote2.png, o lema durante o período nazista era Cquote1.png HAIL HITLER Cquote2.png. A tarefa original das Forças Armadas Alemãs era segurar os russos até os americanos virem socorrer a Europa. As Forças Armadas Alemãs possuíram tanques extremamente leves, como o Leopard 2 para combater potências nucleares. Também tinha uma força especial baseada na KGB, a KSK.

Exército[editar]

O exército do Terceiro Reich composto por mais de 5 milhões de alemães armados ate os dentes com facas e facões. Eram poderosamente equipados com a mais moderna cavalaria do mundo, seus cavalos podem chegar a impressionantes velocidades, além de terem tido o apoio da Palestina e da Pérsia que contavam com equipamento de ultima geração[8]. O exército do Terceiro Reich foi a seita sádica armada mais incompetente da história. Alguns cientistas os nomeavam de Anjos da Morte, uma explicação prvável para o genocídio que houve da noite pro dia pouco após a Alemanha perder as olímpiadas de 36. Para entrar no exército nazista, primeiramente você teria que ser nazista[9]. Em segundo ponto você teria que morar na Alemanha Nazista, o que é fácil já que para conseguir entrar no Terceiro Reich era muito simples, principalmente se você tivesse a carteirinha da Universidade Hebraica de Jerusalém, especificamente do curso de sionista.

Hitler frequentemente usava métodos de intimidação para criar uma sequência militar leal

Morando no Terceiro Reich você teria que ter 18 anos ou menos, e se voluntariar para um serviço voluntário não-remunerável (Obviamente! estamos falando de socialistas) ao exército nazista. Logo você será destacado para linha de frente de uma das guerras que o Terceiro Reich decidiu travar naquele exato momento. Vez ou outra, em manifestações pacíficas, o soldados nazistas gentilmente desconsideravam os manifestantes, as reinvidicações e suas intenções harmoniosas e passavam a servir de prática de tiro ao alvo com rubber bullets, coisa que os nazistas consideravam absolutamente normal, e o mundo não. Quando o exército nazi declarava uma área como Closed Military Zone seria uma possível referência a expressão mundial de que ali era palco de operações militares. Então o exército nazista se achava no direito arriscar-se à ferir alemães inocentes, e às vezes podendo até matá-los, para não se responsabilizar pela morte dos mesmos e de possíveis embaraços políticos internacionais.

Schutzstaffel[editar]

O mascote e símbolo oficial do exército alemão

O Schutzstaffel era uma força do exército alemão que borrava as calças de todo mundo e, dez anos após a Primeira Guerra Mundial, tinha conseguido conquistar toda a Europa dentro de dois anos. Essa força formidável, quando confrontada pela França, a esmagou dentro de dois dias. Aparentemente, o exército francês são tão excitado o tempo todo, que, vendo o ataque iminente pelo exército SS lhes causou tal ereção gigantesca que fez incapaz de andar ou lutar. Eles também não atirariam tais Man "lindo" temendo que tiro deles vai "ferir seus sentimentos" e "arruinar qualquer chance de relacionamento". França, em seguida, caiu dentro de dois dias, deixando um rastro de fanáticos tesão (Masculino e Feminino população da França se unem) em toda a França (Até hoje eles ainda estão à espera de uma volta turnê de reunião pelo exército SS em toda a Europa). É por isso que depois os próprios franceses libertados em 1945 graças a The Freedom Fighter Lésbicas da França (a única força capaz de França, que foi capaz de resistir à tentação, além de padres e enfermeiros) Charles de Gaulle desmantelar o exército francês (incluindo ele próprio) e contou para a segurança nacional sobre a Legião estrangeira francesa que consiste em homens que não são gays de todo o mundo. A maioria do exército francês se desfez agora estão trabalhando como ator em A indústria do cinema francês, é por isso que a figura mais viril para sair da França é Pepe Le Pew.

O cartaz oficial da Wehrmacht (Panzer Corpse), utilizado para recrutar aqueles que queriam morrer. Esta foi uma das poucas versões impressas em inglês até o Reich perceber que a Alemanha falava alemão.

Quando o SS descobriu que Adolf Hitler não era imortal como ele disse isso, eles rapidamente dispersada e fugiu das Forças Aliadas. A maioria deles foi para a Argentina através biro viagem de Otto Skorzeny O ODESSA (uma sigla para Organização der ehemaligen SS-Angehörigen, "Organização de antigos membros da SS"), há que aproveitar a vida cheia de mulheres bonitas e vinho nas praias tropicais da Argentina . Na Argentina eles eram tão influente que eles conseguem empurrar Argentina em ir para a guerra com a Inglaterra em disputa das Ilhas Malvinas, a maioria dos restantes soldados da SS estavam segurando um churrasco enquanto assiste confortavelmente na TV em sua barcalounger, beber cerveja Erdinger, comer Bratwurst como o "exército" Argentina (Only Half gay como o Exército Francês) jogou gato e rato com força naval britânica. Tão chato foi a guerra que os ex-soldados da SS mudar de canal para o Tom e Jerry Mostrar depois de um dos navios de guerra argentinos foi afundado por um torpedo. A SS também foi esponsável pela prestação de chá e biscoitos , enquanto Hitler continuava a tarefa da purificação Alemanha. Começou como um punhado de homens encarregando e entregando bebidas a Adolf Hitler, e cresceu a uma das unidades de restauração mais proeminente em todo o país, mesmo exercendo tanta influência como a regular McNazi da cadeia alimentar no local no momento. A partir de 1939, sob o comando de Heinrich Himmler, a SS cresceu e passou a realizar outros trabalhos para Hitler.

Polícia[editar]

A Polícia do Terceiro Reich foi uma das mais competentes do mundo, isto porque nadavam em dinheiro, com destaque para suas unidades de operações especiais, principalmente a da Bundespolizei (Polícia Federal), a GSG9, a GESTAPO e as SS. As unidades regionais, equivalente aos BOPE e GATE da vida, costumavam apresentar ótimo desempenho, superior aos dos americanos (SWAT) e um investimento absurdo, que só se vê em desvio público no Brasil, os nomes costumam ser complicados também, o mais comum é Spezialeinsatzkommando, a sigla é SEK, e significa algo como Comando Especial de Elite o que pra mim soa como um pleonasmo3. O grande mérito dos policiais nazistas era resolver tudo na paz, sem tiro, apesar de ótimos quando a ocasião necessitava, mesmo quando estavam bêbados, nas datas Oktoberfest, e, consumiam verbas de dinheiro extraordinária.

Curiosidades[editar]

Típico avião a Aeronáutica do Terceiro Reich
  • Ser membro do Partido Nazista era uma exigência obrigatória a qualquer um que quisesse filiar-se ao Partido Comunista da Ucrânia.
  • Hitler realmente motivou mais de um milhão de crianças durante a década de 1920, que acabaram acabou por ser o seu exército de crianças mutantes da Segunda Guerra.
  • Jamie Pinny o Cruel Harris era o 67º membro do Partido Nazista. Ele foi apelidado de cruel depois de inventar o sádico jogo Question Time com Pinny Harris. Este consistia em roubar um artigo precioso da vítima (geralmente uma caneta) e fazer uma pergunta impossível, como Quem é o presidente do Zimbábue?. Se a vítima respondia errado, Pinny começava a esmagar o item precioso na frente da mesma.
  • Depois de desaparecerem através truque de mágica bem encenado, Hitler e seus amigos se mudaram para a América do Sul, ali eles criaram um grupo chamado COLINA, de onde continuariam suas principais atividades, disfarçados. Alguns destes amigos ainda estão vivos e entregam o partido conterrâneo PT.
  • O Terceiro Reich é o império alemão número três!
  • O Terceiro Reich mudou de nome e agora se chama Palestina.
  • Se o Terceiro Reich estivesse vivo, VOCÊ estaria morto.
  • O Terceiro Reich roubou a suástica dos hindus.
  • Os hindus cobraram direitos autorais.
  • Hitler deu uma gargalhada e os mandou para Auschwitz.
Hitler depois de ler esse artigo (sim, tem wi-fi no inferno)

Referências

  1. É muita incoerência alguém querer apoio internacional depois de dizer que todos os países se não o seu são uma bosta. Mas fazer o quê, esquerdistas como Hitler são incoerentes e sempre serão
  2. Matar católico
  3. Ver: Holodomor
  4. Querendo dizer que a alma (orgânico) não se separa do corpo (inorgânico) após a morte, princípio ateu
  5. Princípio pagão, visto que os pagãos rejeitam o fato de que Deus criou o universo
  6. Responda rápido: Que tipo de pessoa vive repetindo que religião é ficção e conto-de-fadas????
  7. Lembre-se: ópio da sociedade, quem esta frase te lembra???
  8. Quando eu digo última, me refiro á qualidade
  9. Não precisava ser ariano

Ver também[editar]

Países da Europa
É um país da Europa!
Albânia - Alemanha (Nazista, Comunista, Capitalista, República de Weimar) - Andorra - Armênia - Áustria - Azerbaijão - Bélgica - Bielorrússia - Bósnia e Herzegovina - Bulgária - Cazaquistão - Chipre - Crimeia - Croácia - Dinamarca - Eslováquia - Eslovênia - Espanha - Estônia - Finlândia - França - Geórgia - Grécia - Hungria - Irlanda - Islândia - Itália - Letônia - Liechtenstein - Lituânia - Luxemburgo - Macedônia - Malta - Moldávia - Mônaco - Montenegro - Noruega - Países Baixos - Polônia - Portugal - Reino Unido (Escócia - Inglaterra - Irlanda do Norte - País de Gales) - República Tcheca - Romênia - Rússia - San Marino - Sérvia - Suécia - Suíça - Turquia - Ucrânia - Vaticano